• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios
    Quarta-feira, 29 de agosto de 2012, atualizada às 18h35

    Mais de R$ 60 milhões serão investidos em empresa a ser implantada no Parque Tecnológico de JF


    Da Redação

    Foram assinados na tarde desta quarta-feira, dia 29 de agosto, três protocolos de intenções entre a empresa portuguesa Nanium Participações S.A., o Governo de Minas Gerais, a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), para a implantação de uma unidade industrial no Parque Científico e Tecnológico de Juiz de Fora. De acordo com a assessoria da UFJF, o presidente internacional da Nanium, Armando Tavares, afirma que o investimento da indústria de semicondutores será da ordem de US$ 30 milhões, o que representa mais de R$ 60 milhões. O protocolo de intenções com o Governo de Minas Gerais foi assinado no valor de R$ 30 milhões.

    A previsão é de criação de 150 empregos diretos e outros 40 indiretos. A assessoria da UFJF afirma que durante a assinatura dos protocolos, o reitor da UFJF, Henrique Duque, ressaltou que a vinda da empresa será o início de um projeto que irá agregar maior valor à região, baseado no tripé sustentabilidade, inovação e globalização, com empresas limpas e de alta tecnologia.

    O foco da empresa será o mercado nacional, porém a Nanium pretende ampliar a oferta de novos produtos, tanto para o mercado interno quanto para exportação. Assinaram o protocolo o vice-governador, Alberto Pinto Coelho; o reitor da UFJF, Henrique Duque; e o prefeito de Juiz de Fora, Custódio Mattos. A cerimônia ocorreu no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

    A empresa

    A Nanium S.A. foi fundada em 1996, no município de Vila do Conde, em Portugal, para produzir e prestar serviços no segmento de eletrônica. A empresa atua ainda nas áreas de serviços, equipamentos, processo, produto e fabricação de semicondutores.

    A indústria iniciou suas atividades como Siemens Semicondutores S.A. e, depois de algumas alterações, passou a ser designada por Nanium S.A., com composição acionária constituída por 17,88% do Estado Português, por intermédio do Ministério dos Negócios Estrangeiros, e 41,06% dos bancos Espírito Santo e Comercial Português. A Nanium possui também know-how na fase de packaging, ou seja, encapsulamento dos chips, os cérebros dos equipamentos eletrônicos.

    Parque Tecnológico

    O Parque Tecnológico, que será instalado em um terreno de aproximadamente um milhão de metros quadrados, será o fator de convergência do conhecimento produzido pela UFJF para o setor empresarial e também para a sociedade. Orçado em cerca de R$ 50 milhões, o empreendimento é um instrumento para o desenvolvimento regional.

    De acordo com a assessoria da UFJF, o reitor afirmou que até o dia 30 de setembro será lançado o edital para o início das obras de infraestrutura. A previsão é de finalização desta etapa em 15 meses. Paralelamente, serão erguidos dois prédios de dez mil metros quadrados no espaço. A assessoria destaca que mais de 50 empresas já manifestaram o interesse em se instalar no empreendimento.

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.