Terça-feira, 9 de junho de 2015, atualizada às 13h39

Contas de água deve ter aumento de 10,12% a partir de agosto

cesama

As contas de água devem sofrer reajuste de temporário de 10,12% nas tarifas da Cesama, em Juiz de Fora, segundo a Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG). A proposta de revisão tarifária será debatida em audiência pública, no dia 23 de junho, na Superintendência Regional de Saúde (SRS-JF), na Avenida dos Andradas, às 14 h, e prevê um aumento temporário para o financiamento de ações emergenciais que permitam a sustentabilidade da atividade de abastecimento de água na cidade.

A Arsae-MG afirma que a principal destinação dos recursos adicionais será para financiar a obra de interligação da adutora Chapéu D'Uvas à Estação de Tratamento de Água (ETA) Marechal Castelo Branco. A obra de interligação tem custo de R$ 8 milhões e, após sua execução, terá condições de tratar água proveniente tanto do reservatório Dr. João Penido quanto do reservatório Chapéu D'Uvas, cujo volume é dez vezes superior e com melhor qualidade de água bruta.

A decisão de realizar a Revisão Tarifária Preliminar foi tomada após a Cesama solicitar à Arsae-MG a avaliação de medidas emergenciais que permitissem a superação da crise. A falta de água na cidade exigiu a adoção de rodízio de abastecimento desde outubro de 2014. A medida tem o objetivo de evitar racionamentos futuros, ampliando a oferta de água tratada e melhorando o sistema de abastecimento. A nova tarifa será aplicada entre 1° de agosto de 2015 e 31 de março de 2016.

A Cesama terá que prestar contas à agência e aos usuários, das ações financiadas pela tarifa adicional. Por serem recursos antecipados pelos usuários para investimentos, estes não farão parte de tarifas futuras", explicou o órgão.

Audiência Pública

A Arsae-MG realizará audiência pública em Juiz de Fora com o intuito de promover a transparência, apresentar a proposta de revisão e permitir a manifestação dos interessados. Haverá uma sessão presencial no dia 23 de junho. As contribuições dos interessados serão recebidas entre os dias 9 a 25 de junho através do e-mail audienciapublica7@arsae.mg.gov.br, pelo site da Arsae-MG e, ainda, durante o encontro presencial. As regras da Audiência Pública estarão disponíveis, em breve, no site da Arsae-MG.

Poderão participar todos os interessados, entre eles os usuários, o município titular dos serviços de saneamento, o prestador de serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário e o Ministério Público.


Com informações da Arsea-MG

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.