• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios
     Marcio Placedino 19/02/2016

    Como ganhar dinheiro com a Bolsa de Valores em Queda

    bolsavaloresVocê provavelmente sabe que vivemos um período desafiador na bolsa de valores brasileira e este artigo provoca uma pergunta: É possível ganhar dinheiro com a Bolsa de Valores em queda?

    Sim, é possível e vamos mostrar como!

    Já é o mais longo ciclo de queda da bolsa desde 1983, durando 7 anos e tendo grandes empresas como as ações petrobras e ações vale com baixas históricas em sua cotação.

    As notícias negativas sobre a economia e política do país geram ainda mais incertezas e todo este cenário faz com que as pessoas se sintam inseguras para investir na bolsa, mas a verdade é que este é um ótimo momento.

    4 estratégias para ganhar com a bolsa em queda

    1. Day-trade: Como ganhar com pequenas oscilações diárias

    O cenário desafiador atual contribui para que a bolsa apresente pequenas e constantes oscilações diárias. Uma empresa em queda, por exemplo, pode apresentar uma alta de 0,5% em um dia para cair novamente no dia seguinte.

    Operações de apenas um dia (day-trade) podem ser uma boa estratégia para aproveitar essas oportunidades e ganhar com o montante de diversos pequenos lucros.

    E uma grande vantagem é que neste tipo de operações você pode potencializar seu resultado com o que chamamos de alavancagem. Como você compra e vende as ações no mesmo dia, você paga e recebe apenas a oscilação do mercado, então você pode se arriscar investindo um valor mais alto do que você tem, visando um lucro maior.

    Em algumas ações você só precisa ter um sexto do capital que irá movimentar. É uma estratégia de maior risco, mas com ótimas possibilidades.

    2. Operações de venda: Como ganhar com a queda de uma ação

    Se você acredita que uma ação irá cair, isso também pode ser uma oportunidade e você pode se beneficiar com uma operação de venda, ou Short Selling.

    Neste caso você vende a ação mesmo sem tê-la e espera pela queda para recomprá-la e efetuar seus lucros. Pode parecer um pouco complicado no princípio, mas funciona da seguinte forma:

    • Em operações de Day-Trade, como você compra e vende no mesmo dia, você não precisa ter a ação para vendê-la.
    • Já se a sua operação for durar mais de um dia, você aluga essa ação de outro investidor para vendê-la. E então você recompra a ação por um preço mais baixo e devolve para o dono original de quem você alugou.


    3. Longo prazo: Como ganhar com a recuperação (com o futuro) da bolsa

    Com a bolsa em queda o que esperamos é um momento em que ela irá se recuperar e as ações voltarão a subir. Essa é a estratégia que pensamos mais comumente: você compra a ação de uma empresa mais barato e vende quando o valor da ação subir.

    No cenário de queda da bolsa vemos inúmeras grandes empresas custando menos que o seu valor patrimonial líquido. É como se suas ações estivessem em promoção.

    Então pode ser uma oportunidade comprar ações de empresas que estão subvalorizadas para vendê-las quando as companhias se recuperarem do momento ruim e voltarem ao seu valor.

    Dois pontos merecem atenção nesta estratégia:

    • É necessário cautela e uma boa análise para escolher empresas que tenham potencial de realmente se recuperar no longo prazo. Do contrário você pode investir em uma empresa com perspectiva de queda até mesmo no longo prazo e acabar preso a esta ação.
    • As ações que você compra no longo prazo podem ser utilizadas como margem de garantia para operações de Day-Trade. Você combina duas estratégias e pode ganhar duas vezes com a mesma ação.


    4. Operações contra-tendência: Como ganhar com a fragilidade do mercado

    Mesmo em uma tendência de baixa no médio prazo, a bolsa fornece algumas oportunidades que vão contra essa tendência principal. Isso acontece porque a tendência do mercado não é cair sem parar, mas em zigue-zague.

    Em algum momento de uma tendência de baixa a força vendedora precisa tomar fôlego para continuar pressionando o mercado. Então o mercado sobe um pouco no curto prazo e então volta a cair.

    As oportunidades contra-tendência acontecem quando identificamos esses prováveis fundos na tendência de baixa.

    Uma grande vantagem é que são operações mais rápidas, durando normalmente cerca de 2 ou 3 dias, então você tem o seu capital livre para outras operações rapidamente.

    Bolsa em queda e ações em alta

    Mesmo que o Índice Bovespa caia e algumas das principais empresas da bolsa estejam em queda, outras ações sobem e você também pode se aproveitar delas para ganhar dinheiro.

    Veja que em apenas 1 mês algumas empresas que obtiveram uma alta maior que o rendimento da poupança em 1 ano inteiro:

    Empresas com alta em Janeiro 2016:

    Alta de 16,91% - Raia Drogasil (RADL3)
    Alta de 12,63% - SABESP (SBSP3) -
    Alta de  8,95% - Multiplan (MULT3)
    Alta de  6,94% - BR MALLS (BRML3)
    Alta de  6,79% - CPFL Energia (CPFE3)
    Alta de  5,64% - Equatorial Energia (EQTL3)

    Mas como saber quando as empresas vão subir ou cair?

    A resposta é Análise Técnica de Ações, com ela é possível identificar as oportunidades seja para ganhar com a alta ou com a queda das ações.

    Análise Técnica: 4 indicadores para ganhar com a bolsa em queda.

    Veja abaixo alguns indicadores que irão ajudar a identificar ótimas oportunidades com a bolsa em queda e operações contra-tendência.

    1. Bandas de Bollinger

    As Bandas de Bollinger são um limite para os preços da ação, em duas linhas limite: inferior e superior.

    Se o preço estiver abaixo do limite inferior, isso pode indicar uma recuperação da ação no curto prazo para que ela volte a respeitar sua zona de preços.

    2. IFR - Índice de Força Relativa

    O IFR é onde indica o nível de sobrevenda, quando a força vendedora precisa de um fôlego.

    Quando o nível do IFR está abaixo de 3 geralmente indica uma recuperação nos preços em um curto prazo, gerando uma possível oportunidade.

    3. Suportes

    Os suportes são zonas de preços onde uma grande quantidade de investidores tem interesse em comprar aquela ação, e isso faz com que ela se valorize.

    Se a ação está sobrevendida (com IFR muito baixo) e próxima a um suporte, isso mostra uma grande possibilidade de recuperação do seu preço no curto prazo;

    4. Candles

    Os candles são as barras que representam a interação entre força compradora e força vendedora. Neles podemos observar quando ocorre a reentrada da força compradora, onde há uma reversão possível das quedas.

    Se o candle mostra uma sombra inferior longa (preço de fechamento da ação distante do preço mínimo do dia), isso pode sinalizar essa reversão nas quedas.

    O uso correto de análise com estratégia, disciplina e persistência é o segredo para ganhar na bolsa de valores em qualquer cenário.

    E aprendendo como combinar essas ferramentas você pode reverter o pensamento pessimista do mercado e utilizar este cenário a seu favor.

    Viu como é possível ganhar com a bolsa em queda? Deixe um comentário com suas dúvidas e experiências neste cenário.


    Marcio Placedino atua no mercado de ações há 8 anos e é membro da equipe do Toro Radar desde 2010, onde atua como instrutor de cursos e palestras sobre diversos temas na área de investimentos e como analista. É Administrador de empresas no IBMEC de Minas Gerais e Advogado formado na Universidade Federal de Minas Gerais. Possui a certificação de Planejador Financeiro CFP® - Certified Financial Planner, é Consultor de Valores Mobiliários registrado na CVM e Analista CNPI-T registrado na APIMEC.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.