Fungos Funk
Mistura de sons

Ludmila Gusman
15/03/02

Dois estilos musicais diferentes tornam-se um, quando a banda Fungos Funk entra no palco. Apesar de tocar mais o funk que o rock, os integrantes garantem que o sucesso está na combinação de arranjos aliada à performace do DJ Naggas, que dispõe de efeitos sonoros para abrilhantar o show. Além disso, a banda conta ainda com dois vocalistas e possui um diferencial: a pitada do rap nas composições.

Com tanta mistura e inovação, os juizforanos Edu Balbi (vocalista), João Paulo Penna (vocalista), Daniel Guadalupe (baixista), Felipe Gomes (bateria), Leonardo Santos (guitarra) e Bruno Borges (DJ Naggas) têm alcançado aos poucos o sucesso. Os jovens estão na estrada desde 1996, quando criaram a primeira banda - Gangsta Gueto. Mais tarde, começaram a tocar com um novo nome, Jascoboys e, em 99, eles se firmaram com a banda Fungos Funk, chegando a gravar o primeiro CD.

O lançamento aconteceu, em 2000, com uma produção independente para divulgação do trabalho. Este ano, a banda se prepara para mais uma etapa da carreira. O lançamento do novo CD, de caráter profissional, estará à venda a partir de julho. O disco possui 11 músicas com composições próprias, sete delas já estão no primeiro CD e quatro são novidade. “Investimos mais na produção deste segundo CD e estamos otimistas”, ressalta o vocalista Edu Balbi. De acordo com ele, a intenção é divulgar as músicas do grupo e alcançar o que todo músico deseja: o reconhecimento do público. “Nossa música envolve misturas lá de fora com influência brasileira. É um estilo diferente que ainda não vimos por aqui”, afirma.

O músicos participaram do Festival Universitário, promovido este ano, pelo Diretório Central dos Estudantes da UFJF, e foram convidados a voltar para tocar na final como show de apresentação. “Nós não fomos classificados, mas a nossa música despertou a atenção dos jurados e da platéia que nos convidou a voltar”, conta Edu Balbi.


Clique na imagem para ouvir a música do primeiro CD Não quero ver o mundo girar
(é necessário Real Player)

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.