• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    RADIOCAFÉ
    Do britbop ao rock independente, a banda pretende lançar CD de divulgação do trabalho, no final de janeiro de 2005

    Sílvia Zoche
    22/12/04

    Veja as fotos ao lado de alguns shows e ensaios da Banda RADIOCAFÉ. Clique no ícone!

    Veja!

    RADIOCAFÉ Montar uma banda estilo pop radiofônico. Esse foi o objetivo dos meninos que vieram de Cataguases. Dos atuais quatro integrantes da RADIOCAFÉ, três são desta cidade que fica a 120km de Juiz de Fora: Bernardo (guitarra/vocal), Léo (baixo) e Tiago Viana, vulgo Pé (bateria). O quarto integrante, Rafael - Ski (guitarra) é de Juiz de Fora.

    Mas quando e como eles se encontraram? Essa é uma história que começou em 2003 e a galera nem sonhava que a formação da banda seria essa. Algumas coincidências e gostos musicais similares foram responsáveis pela aproximação dos meninos.

    O que essa galera gosta mesmo é de pop radiofônico mesclado ao britpop (pop inglês), música nacional (estilo próximo ao Los Hermanos e Gram), Beatles e som dos anos 90. A isso tudo, junta-se a influência bandas como Stereophonics, Feeder, Radio Head e Blur.

    Mas o objetivo do RADIOCAFÉ é gravar músicas próprias. Eles já possuem oito composições, todas de Tiago Viana, músico desde os 11 anos. "Nasci em uma família de músicos e gosto disso", diz Tiago. Bernardo elogia o talento do amigo. "Ele escreve letras e faz melodias muito bonitas. Ele manda bem demais".

    Das oito músicas, sete já foram ensaiadas e cinco farão parte do CD que pretendem gravar no fim de janeiro de 2005. "A gente quer estar no ponto para entrar no estúdio", diz Léo. Este CD será uma das estratégias de divulgação da banda e falam o que pensam sobre o que vai mudar para ano que vem. "2004 foi um ano de muita espera, muito trabalho, muita ralação. A gente quer, em 2005, gravar este CD e tocar o máximo possível, em todos os lugares", afirma Tiago.

    Ao perguntar sobre as composições, eles dizem só vão disponibilizá-las, depois que registrarem as letras. Enquanto isso, o público de Juiz de Fora pode conferir as músicas durante os shows. "Se a gente divulgar uma das composições na internet antes de registrar, alguém pode fazer isso antes da gente e não vamos ter como provar", explica Léo. Todo cuidado é pouco.

    Tudo tem um começo
    De acordo com Bernardo (17), o mais novo, a vontade de montar uma banda surgiu em 2003. "Foi uma época, em Cataguases, em que uma galera começou a montar banda de rock. De repente, foram formadas diversas bandas de rock. Só que eu sempre gostei do estilo que tocamos hoje, o britpop, pop radiofônico", conta. Léo (24), completa dizendo que as bandas se tornaram rivais e um queria ser melhor do que o outro. "Foi uma época legal e engraçada", diz.

    RADIOCAFÉ A banda que originaria a RADIOCAFÉ, no início, era formada somente por Bernardo e Tiago (21). "O som era feito somente por nós dois. Fomos uma banda sem nome", contam rindo. Pela conversa, todos concordam que, no início, as bandas são de garagem mesmo e que se juntam para ensaiar e encontrar pessoas que gostam do mesmo estilo de som.

    A procura por novos integrantes fez Bernardo conhecer o baixista Léo, que fazia parte de uma banda grunge. "O quarto integrante que tocou com a gente mandava bem, mas, com o tempo, foi mostrando que não gostava muito do nosso som, não era a dele", explica Bernardo. Apesar disso, montaram o grupo em abril de 2004 (ainda sem nome).

    Depois de ensaiar bastante, resolveram fazer o primeiro show. Conseguiram, por conta própria e uma certa dificuldade (tocando sem cobrar nada), agendar a apresentação no Café do Museu, em Cataguases. "Lá, é um lugar de clima mais calmo, música mais tranqüila. Quando a gente falou que queria tocar, pensaram que a gente tocava rock pesado. Mas conseguimos convencer os caras", conta Bernardo. "Até porque a gente já tinha chamado uma galera para assistir nosso show. Tinha de acontecer de qualquer jeito. Nossa, foi bom demais!", diz Tiago.

    Um dia antes desse show, eles criaram o nome da banda. "A gente tocava uma música do Blur, Coffe And TV. Alguém falou que o nome da nossa banda devia ser CAFETV, algo próximo da tradução da música. Mas aí outro achou melhor RADIOCAFÉ e todo mundo concordou", diz Léo.

    Mudança para JF
    Da esquerda para direita: Ski, Léo, Bernardo e Tiago Até nesse momento, o Ski (Rafael) nem tinha noção de que faria parte da banda. Até que o trio resolveu morar em Juiz de Fora, cada um por conta própria e por motivos diferentes: trabalho e estudo.

    Com a ajuda de Adam's do Calderia, a banda descolou seu primeiro show, em Juiz de Fora. Adivinha quem estava lá, assistindo ao show? Ele, o futuro integrante da banda: Ski. "A gente tocava e ele agarrava as caixas de som e delirava com as músicas. No dia seguinte, ele fez um teste com a gente e agora faz parte da banda", diz Bernardo. "Na segunda apresentação que fizemos na cidade, eu já estava tocando com a galera", conta Ski.

    Apoio
    Montar uma banda não é fácil e é necessário empenho e garra. Conhecer pessoas e não ter vergonha de pedir ajuda é indispensável. Eles contam que Adam's é um dos grandes incentivadores da carreira da banda, além de Marcel que ajuda na divulgação dos Shows, como se fosse um empresário voluntário. Dudu Lima e Dudu Viana também acreditam no som dos caras. Dudu Viana é produtor musical de estúdio e vai ajudar na gravação do CD. "Sem conhecer a gente, sem saber como era o nosso som, o Adam's abriu as portas para tocarmos no Calderia. Ele foi o primeiro a acreditar na gente", diz Léo.

    O dindin que ganharam em todos os shows que fizeram até hoje não é divido entre os integrantes. Eles abriram uma conta em um banco e depositam tudo lá. Assim, eles podem gravar o CD e pagar o estúdio para gravação. Os meninos são jovens, mas demonstram que são responsáveis.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.