Juiz de Fora - MG

Quarta-feira, 23 de julho de 2014, atualizada às 09h46

Onze candidatos disputam a Presidência da República nas eleições de outubro

Palácio do Planalto

Onze candidatos vão disputar a Presidência da República no  dia 5 de outubro. Os nomes estão publicados na plataforma DivulgaCand, disponibilizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com os dados dos candidatos de todo o país. O cadastro dos nomes e coligações partidárias foi finalizado na última terça-feira, 22 de julho. Além das informações de cada coligação, também constam no sistema o plano de governo, certidões jurídicas e a prestação de contas apresentada à Justiça Eleitoral.

Na disputa pelo Palácio do Planalto, estão a presidente Dilma Rousseff (PT), o senador Aécio Neves (PSDB), o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB),  Eduardo Jorge (PV), Luciana Genro (PSOL), Pastor Everaldo (PSC). Entre os nanicos, estão José Maria Eymael (PSDC), Levy Fidélix (PRTB), José Maria de Almeida (PSTU), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO).

Segundo o tribunal, 24,9 mil candidatos vão disputar 1.709 vagas para os cargos de deputado federal, estadual e distrital, senador, governador e presidente da República, além de suplentes para o Senado e vices. Entre os partidos, o que mais tem candidatos é o PT, com 1.323, seguido pelo PSB (1.264); PSOL (1.221); PMDB (1.198); PV (1092) e PSDB (1086). A legenda com menos candidatos é o PCO (46).

Os números poderão ser atualizados até o dia da eleição, pois os pedidos de registro ainda serão julgados pelos juízes eleitorais e novas informações devem ser recebidas pelos tribunais regionais eleitorais. Após a decisão da Justiça Eleitoral, os candidatos estão aptos a concorrer. Além disso, as coligações podem mudar os candidatos que escolheram.

A entrega do registro não garante a participação do político nas eleições. Após parecer do Ministério Público Eleitoral, os pedidos são julgados por um juiz eleitoral, que verifica se as formalidades foram cumpridas.

Em Minas, oito nomes disputam o Palácio da Liberdade

Além dos nomes que concorrem à presidência, consta também na relação divulgada pelo TSE os oito nomes que disputam a sucessão do governador Alberto Pinto Coelho (PP). No dia do pleito, os eleitores poderão escolher entre os candidatos Fernando Pimentel (PT), Pimenta da Veiga (PSDB), Tarcísio Delgado (PSB), Fidélis Alcântara (PSOL), André Alves (PHS), Eduardo Ferreira de Souza (PSDC), Túlio César Dias Lopes (PCB) e Cleide Donária (PCO).

Além da votação para governador do estado, os eleitores também escolhem os nomes para os cargos de deputado estadual, com 1135 nomes cadastrados em MG, deputado federal, com 656 e senador. No pleito de 2014, será eleito apenas um candidato ao Senado, para um mandato de oito anos, ocupando a vaga em substituição ao senador recém-empossado Antônio Aureliano Sanches de Mendonça (PSDB).

Os candidatos ao Senado Federal são Antônio Anastasia (PSDB), Josué Alencar (PMDB), Margarida Vieira (PSB), José Tarcísio dos Santos (PSDC), Geraldo Batata (PSTU), Maria das Graças Souza Vieira (PCO), Pablo Lima (PCB) e Edilson Nascimento (PT do B).

O primeiro turno do pleito deste ano será em 5 de outubro. O segundo está marcado para o dia 26, nos casos de eleições para governador ou à Presidência da República em que o primeiro colocado não obtiver 51% dos votos válidos, excluídos os brancos e nulos.

Com informações da Agência Brasil e DivulgaCand

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.