Juiz de Fora - MG

Terça-feira, 11 de setembro de 2018, atualizada às 12h50

Jair Bolsonaro retira sonda e faz alimentação oral

Jorge Júnior
Editor

Na manhã desta terça-feira, 11 de setembro, o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL) retirou a sonda nasogástrica para reintrodução da alimentação oral, que terá progressão gradual conforme a aceitação do paciente. Ela será feita concomitante à alimentação parental. A informação foi divulgada pela assessoria do Hospital Albert Einstein.

O candidato foi atingido por uma faca na região do abdômen, na quinta-feira, 6, durante campanha no Centro de Juiz de Fora. Ele foi atendido pela Santa Casa de Misericórdia, onde recebeu os primeiros socorros. Na sexta-feira, 7, Bolsonaro foi transferido para o hospital em São Paulo.

Segundo a nota, "passados cinco dias da internação, suas condições clínicas estão estáveis. O paciente permanece em cuidados de Terapia Intensiva, afebril e sem sinais de infecção". Os médicos responsáveis são o cirurgião Antônio Luiz Macedo e o clínico e cardiologista, Leandro Echenique.

Bolsonaro terá que passar por nova cirurgia, posteriormente, para reconstruir o intestino e retirar a bolsa de colostomia, feita em função de lesões graves no intestino grosso e delgado, segundo nota divulgada na última segunda-feira, 10.

Em seu perfil no Twitter, o candidato postou: "Nada apagará a chama da esperança que presenciamos nos olhos de cada um presente neste grande dia! Obrigado Juiz de Fora! Obrigado Minas Gerais".

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.