Thaís CoutinhoThaís Coutinho 17/7/2009

Semente de Linhaça

 

Nos dias atuais, as pessoas estão se preocupando cada vez mais com a saúde, optando, com frequência, por consumir alimentos saudáveis.

Os alimentos ricos em fibras pertencem a grupos que estão se destacando, sendo considerados alimentos fundamentais para o melhor funcionamento do organismo. Os grãos integrais, além de serem fontes de fibras, vitaminas e minerais, possuem propriedades funcionais, ajudando a prevenir doenças.

De origem asiática, a semente de linhaça pertence à família das Lináceas e é obtida a partir do linho, uma das plantas mais antigas da história. Mesmo seu consumo sendo recente, é umas das sementes oleaginosas mais tradicionais.

Esta é considerada um alimento funcional, já que apresenta alguns nutrientes que trazem vários benefícios á saúde. Em sua composição estão presentes proteínas, fibras,vitaminas,  ácidos graxos poliinsaturados (Ômega 3 e Ômega 6).

Composição Nutricional (15g da semente):
Valor calórico 43 Kcal
Carboidratos 1g
Proteínas 2g
Gorduras Totais 3g
Fibra 3g
Ômega 3 58%
Ômega 6 16¨%

Muitos estudos estão sendo desenvolvidos para confirmar os benefícios do seu consumo regular na alimentação.

Benefícios:
Rejuvenescedor Combate a acne Sistema digestivo Redução do colesterol
Perda de peso Equilíbrio hormonal Sistema imunológico Doenças Inflamatórias
Combate a anemia Diminuição de aterosclerose Sistema cardiovascular Retenção de líquido
Combate ao câncer Controle da glicemia – Diabetes Funcionamento intestinal Condições de pele e cabelo

Existem dois tipos de semente de linhaça: a dourada e a marrom. Porém, estas não têm diferenças em sua composição, já que são compostas pelos mesmos nutrientes, mantendo, assim, o mesmo potencial funcional. A marrom é cultivada em regiões de clima quente e úmido e a dourada em regiões frias.

Todos os benefícios da linhaça se potencializam quando a semente é moída ou triturada, pois sua casca é muito dura, o que acaba atrapalhando a digestão, podendo também passar direto pelo trato gastrointestinal, reduzindo a absorção de seus nutrientes. Depois de moída, a semente deve ser mantida sob refrigeração e longe da luz.

A linhaça pode ser utilizada em sua alimentação de várias formas, em pães, bolos, iogurtes, biscoitos, cereais e bebidas, sucos, saladas, sobremesas e sopas.

 



Thaís Coutinho é Nutricionista e Personal Diet

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.