Quinta-feira, 3 de março de 2011, atualizada às 19h

JF prepara-se para dar assistência aos doentes em caso de uma nova epidemia da dengue

Da redação

Dois ambulatórios devem ser instalados em Juiz de Fora, um na região Sul (Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus) e outro na Norte (ver mapas), para aumentar a assistência aos pacientes em caso de uma nova epidemia da dengue. A medida faz parte do Plano de Contingência da Dengue, divulgado pela Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde nesta quinta-feira, 3 de março. A cidade já conta com as Unidades de Atenção Primária à Saúde das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) 24h localizadas nos bairros Santa Luzia e em São Pedro e da Regional Leste.

Juiz de Fora vive, hoje, uma situação de alto risco para uma epidemia de dengue, considerando os critérios e parâmetros epidemiológicos e o exemplo de vários municípios do Estado de Minas Gerais. A previsão é de que ocorram mais de 20 mil casos no decorrer do ano, sendo que os meses de pico são março, abril e maio.

O objetivo do projeto é destinar aos pacientes 62 leitos e 11 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Os medicamentos e demais materiais hospitalares são fornecidos pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.