Ventosaterapia: O que é? Como funciona? Quais os benefícios?

Nome do Colunista Amanda Beloti 16/03/2019

Já usada no Ocidente Antigo, a ventosaterapia é uma técnica que continua super presente nos dias de hoje e oferece vários benefícios para a saúde.

Segundo registros históricos que temos conhecimento, os índios desenvolveram a técnica da ventosaterapia utilizando chifres de animais, os chineses a usavam com bambus e, tempos depois, os europeus desenvolveram a técnica com copos de vidro. Hoje em dia existem as ventosas de acrílico, bem difundidas no mercado e de fácil manuseio para o profissional.

A ventosaterapia é um tipo de tratamento natural, no qual são criados vácuos por sucção da pele (por meio de ventosas). O vácuo formado estimula a circulação sanguínea e com este processo são liberadas as toxinas existentes do sangue. Quando a circulação é ativada através da ventosa, o aumento de sangue favorece a nutrição de músculos, aliviando as tensões e as dores musculares e articulares.

Em alguns casos, o uso da técnica também tem objetivos estéticos, como, por exemplo, o tratamento da ventosaterapia para celulites e estrias.

Os principais benefícios do uso de ventosas são:

  • Desintoxicação do organismo;
  • Alívio de dores na coluna;
  • Alivio de dores musculares - por eliminação de contraturas e pontos gatilho;
  • Alivio de dores abdominais;
  • Alívio de cefaléia (dor de cabeça);
  • Fortalecimento dos vasos sanguíneos;
  • Aumento da circulação sanguínea local;
  • Aumento da produção de líquido sinovial dentro das articulações;
  • Redução de celulites e estrias;
  • Relaxamento do corpo e da mente.

As sessões de ventosaterapia podem variar de 5 a 15 minutos. A indicação depende de cada caso e deve ser feita por um profissional da área.

A ventosaterapia é contra-indicada nos casos abaixo:

  • Trombose, tromboflebite ou distúrbios hemorrágicos;
  • Varizes;
  • Feridas;
  • Febre;
  • Fratura no local a ser tratado.

O local da aplicação pode ficar dolorido e roxeado por alguns dias, dependendo da quantidade de vácuo que é imposta sobre a pele. Mas nada que atrapalhe a vida cotidiana do paciente. O alívio dos sintomas prévios à aplicação é sempre muito satisfatório e faz valer a pena o leve desconforto.

Obrigada pela leitura e até a próxima!

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.