• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde

    Quarta-feira, 09 de abril de 2008, atualizada às 13h

    I Mostra de Produtos Artesanais feitos por pessoas com deficiência mental. Livro aborda como saúde mental é tratada de forma equivocada



    Renata Solano
    *Colaboração

    Através da elaboração do livro "Ferramentas para Descomplicar a Atenção Básica em Saúde Mental", o organizador da obra, Mário Sérgio Ribeiro, comenta que nas últimas décadas a saúde tem sido segmentada de forma equivocada na figura dos especialistas.

    O estudo é resultado de um trabalho conjunto dos professores de psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), dos discentes e técnicos do serviço de psiquiatria e psicologia médica do Hospital Universitário da UFJF com os profissionais de Atenção Básica de Saúde (ABS) e especialistas em saúde mental que atuam na Rede Assistencial do Sistema Único de Saúde (SUS).

    Para o professor da UFJF, a publicação trata-se de um manual prático para facilitar o trabalho dos profissionais da assistência básica à saúde no cuidado dos problemas relacionados ao bem estar da mente. "É um trabalho em cima de uma pesquisa que tem sido feita há dez anos. Enquanto as pessoas acreditam que os problemas mentais devam ser tratados com especialista de psicologia e psiquiatria, nós pensamos em um caminho contrário, onde a saúde básica pode trabalhar com eficiência sobre esse tipo de problema", comenta.

    Exposição

    Os alunos do curso de Artes da UFJF, em parceria com a Associação Pró-Saúde Mental (Trabalharte), estão promovendo a I Mostra de Produtos Artesanais. O evento vai acontecer na quinta-feira, dia 10 de abril, de 9h às 17h, no Instituo de Artes e Design da Universidade (Campus da UFJF).

    A mostra conta com a exposição do trabalho de pintura em tecido, como bolsas, carteiras, porta pincéis e porta celulares produzidos por pessoas que estão em tratamento mental na rede pública de saúde. A iniciativa consiste na orientação artística dos cooperados pelos estudantes da área.

    De acordo com a bolsista do projeto, Wanessa Dose Bittar, a mostra vai possibilitar a divulgação da Associação no meio acadêmico. "Este evento é importante para ampliar as vendas da Trabalharte e para criar um contato entre a sociedade e a universidade", comenta.

    *Renata Solano é estudante de Comunicação Social da UFJF



    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.