• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde

    Sexta-feira, 28 de novembro de 2008, atualizada às 16h30

    Venda de genéricos crescem 35% em relação a 2007 em Juiz de Fora



    Daniele Gruppi
    Repórter

    A aceitação pelo medicamento genérico é cada vez maior em Juiz de Fora. Segundo o diretor de Drogarias e Farmácias da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Roberto Felippe, a venda aumentou 35% em relação a 2007.

    Para Fellipe, o aumento nas vendas se deve à conscientização da população, dos médicos e também dos farmacêuticos. "O efeito do genérico para o de marca é o mesmo. São feitos os mesmos testes", garante

    O farmacêutico e gerente de uma drogaria, João Bosco Ciribelli Pereira, afirma que a falta de informação gerava desconfiança. "Quando os médicos passaram a receitar, os pacientes começaram a ficar mais seguros quanto a qualidade do medicamento."

    Os genéricos mais procurados são antiinflamatórios, antibióticos e remédios de hipertensão. Um antiinflamatório de referência custa R$ 19,81*. Já o genérico, R$ 8,29*. Um antibiótico de marca fica em R$ 46,05*, enquanto o genérico sai por R$ 12,45*.

    Nas prateleiras das farmácias, eles se destacam dos outros remédios pela letra G maiúscula na embalagem. A operadora de produção Meire Bergamini afirma que só compra genérico. "É mais barato e o resultado é o mesmo."

    * Preços fornecidos em novembro de 2008

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.