Sexta-feira, 27 de março de 2009, atualizada às 13h

Juiz de Fora inaugura dois novos espaços para atender as gestantes


Guilherme Arêas
Repórter

O Hospital Regional João Penido inaugurou na manhã desta sexta-feira, 27 de março, dois novos espaços para atender as gestantes. A Casa da Gestante e o Centro de Convivência completam o atendimento na maternidade de alto risco, inaugurada em agosto de 2008. As duas obras custaram cerca de R$ 400 mil e vão beneficiar as cerca de 50 gestantes de alto risco atendidas mensalmente pelo hospital.

A Casa de Gestante vai oferecer dez camas para atender e abrigar as grávidas que necessitarem de cuidados intensivos antes e após o parto. Todo o tratamento é custeado pelo SUS. De acordo com o diretor do hospital, Márcio Itaborahy, o objetivo é que as gestantes de alto risco permaneçam internadas em um ambiente mais adequado, evitando a tradicional internação hospitalar. "O espaço também atende as mães, cujos bebês foram encaminhados à UTI. Elas podem ficar hospedadas na Casa da Gestante para acompanhar o filho de perto", explica.

O Centro de Convivência é um espaço anexo à Casa da Gestante e vai dar oportunidade para as mães realizarem trabalhos manuais e aprenderem os cuidados básicos com os bebês. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, as gestantes terão atendimento da equipe da Maternidade Viva Vida, com acompanhamento de médico, enfermeiro, obstetras, assistente social, psicólogo, terapeuta ocupacional, fonoaudióloga, nutricionistas e plantonistas.

Para este ano, ainda estão previstas a construção de vestiários, capela, necrotério, passarela interna e portaria de acesso. Os investimentos devem chegar a R$ 900 mil. Atualmente, o hospital atende uma população de 1,5 milhão de habitantes na Zona da Mata.

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.