• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Terça-feira, 17 de abril de 2012, atualizada às 17h20

    Uaps do Centro inicia o cadastramento de idosos acamados para a vacinação contra H1N1

    Da Redação
    vacina

    A Unidade de Atenção Primária à Saúde (Uaps) Centro-Sul inicia o cadastramento de idosos acamados para a vacinação contra o vírus Influenza H1N1. O procedimento é válido para pessoas com mais de 60 anos e que tenham dificuldade de locomoção. Os familiares devem procurar a unidade, que fica na avenida Barão do Rio Branco 3.132, Centro, ou ligar para os telefones (32) 3690-8506 ou (32) 3690-7157. Para realização do cadastro é necessário nome completo do idoso, idade e endereço.

    Para se cadastrar, os interessados devem fazer parte da área de abrangência da Uaps, que atende parte dos bairros Centro, São Mateus, Paineiras, Alto dos Passos, Bom Pastor, Granbery, Boa Vista e Guaruá.

    Influenza A (H1N1)

    Influenza A (H1N1) é uma doença respiratória causada pelo vírus A. Devido a mutações no vírus e transmissão de pessoa a pessoa, principalmente por meio de tosse, espirro ou de secreções respiratórias de pessoas infectadas, o Ministério da Saúde traz uma série de recomendações.

    Aos viajantes que se destinam às áreas afetadas

    • Usar máscaras cirúrgicas descartáveis durante toda a permanência em áreas afetadas;
    • Substituir as máscaras sempre que necessário;
    • Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com um lenço, preferencialmente descartável;
    • Evitar locais com aglomeração de pessoas;
    • Evitar o contato direto com pessoas doentes;
    • Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
    • Evitar tocar olhos, nariz ou boca;
    • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente depois de tossir ou espirrar;
    • Em caso de adoecimento, procurar assistência médica e informar história de contato com doentes
      e roteiro de viagens recentes às áreas afetadas;
    • Não usar medicamentos sem orientação médica.

    Aos viajantes procedentes de áreas afetadas

    Viajantes procedentes, nos últimos 10 dias, de áreas com casos confirmados de influenza A (H1N1)
    em humanos e que apresentem febre alta repentina, superior a 38ºC, acompanhada de tosse
    e/ou dores de cabeça, musculares e nas articulações, devem:

    • Procurar assistência médica na unidade de saúde mais próxima;
    • Informar ao profissional de saúde o seu roteiro de viagem.

    Fonte: Ministério da Saúde

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.