• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde

    Nova licitação para obras do Hospital Regional será aberta em janeiro

    Prefeitura anunciou investimentos de R$ 64 milhões para finalização do trabalho. A previsão é que a parte física seja concluída em até dez meses

    Nathália Carvalho
    Repórter
    14/12/2012
    Contrato Hospital Regional

    A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) anunciou, nesta sexta-feira, 14 de dezembro, o investimento de R$ 64 milhões captados de recursos estaduais para finalização das obras do Hospital Regional de Urgência e Emergência, que está sendo construído no bairro São Dimas. O convênio foi assinado pelo Secretário de Saúde do Estado, Antônio Jorge Marques, e pelo prefeito Custódio Mattos, que garantiu que R$ 38 milhões deste montante serão depositados na conta do município até o final da semana que vem.

    Segundo o prefeito, será aberta uma nova licitação para dar continuidade às obras, que estavam sendo realizadas pela Diedro Construções e Serviços Ltda, que venceu a concorrência em agosto de 2010. Com o vencimento do contrato em novembro e sua consequente não prorrogação, a nova empresa deverá ser escolhida ainda no início de 2013. "Já estive conversando com o futuro prefeito, Bruno Siqueira, que se mostrou disposto a dar continuidade aos procedimentos em janeiro, tão logo assuma o cargo", disse o secretário.

    Além disso, Mattos afirmou que os servidores que estavam trabalhando no Hospital e ficaram sem receber os salários, por conta de problemas com a empresa responsável, já estão sendo ressarcidos. "A Justiça do Trabalho oficiou a Prefeitura quanto aos problemas que estavam sendo vividos. Utilizamos recursos da empresa para efetuar os pagamentos e, aqueles que ainda não foram liquidados já estão recebendo também", pontuou. O prefeito ainda afirmou que mais da metade da parte física da obra já foi concluída e que, após a realização da licitação, a previsão é de que as obras sejam finalizadas em até dez meses.

    Investimentos

    De acordo com Mattos, parte dos recursos que serão investidos são destinados à finalização do prédio, parte para outras adaptações e ainda para utilidades essenciais, como gás, gerador de energia e ar condicionado. Contudo, na ocasião, o secretário lembrou de um dos pontos principais onde a verba será utilizada. "Vamos construir uma nova sede do Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência] anexa ao hospital. A intenção é fortalecer a cidade como polo macro regional e oferecer, até 2014, o transporte via helicóptero pela unidade", explicou.

    O anúncio de expansão da obra havia sido realizado por Marques em março do ano passado, em visita às obras. Na época, foi informado que a futura sede terá 1.452 metros quadrados de área construída, com dois pavimentos, uma central de regulação eletiva e capacidade de estacionamento para 12 ambulâncias. Serão 50 viaturas, sendo que a maioria ficará instalada em municípios chamados polos de apoio. A regionalização, que irá abranger 95 cidades referenciadas, está sendo definida pelo Plano Diretor de Urgência e Emergência da Secretaria de Estado da Saúde. Atualmente, o Samu de Juiz de Fora dispõe de cinco ambulâncias, sendo uma equipada para atendimento de alta complexidade. Sua sede fica na rua Benjamin Constant, no bairro Santa Helena.

    Os textos são revisados por Juliana França

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.