• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Quinta-feira, 4 de setembro de 2014, atualizada às 12h50

    Centro de Vigilância em Saúde é inaugurado em Juiz de Fora

    Eduardo Maia
    Repórter
    Centro de Vigilancia em Saude

    Foi inaugurada na manhã desta quinta-feira, 4 de setembro, a sede do Centro de Vigilância em Saúde, na avenida dos Andradas. O novo prédio tem três mil metros quadrados e abrigará os serviços de vigilância epidemiológica, o Departamento de Saúde do Trabalhador (DSAT), departamentos administrativos da subsecretaria de vigilância em saúde e o Programa Municipal de DST/Aids.

    As obras foram custeadas com recursos do Governo de Minas. O novo centro permitirá integrar os serviços que já eram prestados em outros locais, como o controle de doenças transmissíveis e não transmissíveis e seus laboratórios que darão apoio. No prédio também funcionará o serviço de vigilância da água da Cesama, onde são realizadas as análises para a distribuição.

    "Aqui sediaremos a nossa inteligência epidemiológica. Todos os dados necessários para produzir intervenções na área da saúde serão produzidos aqui", explica o secretário de Saúde José Laerte Barbosa. Ele adianta que, no futuro, a central de vacinas da secretaria da saúde também será alocada no prédio, estando o processo em fase de estruturação.

    Entre os serviços que serão transferidos para o prédio está o Programa de DST/Aids, que antes era realizado no PAM Marechal. O programa é referência para 110 municípios da região da Zona da Mata e contará com laboratórios e um anfiteatro de 100 lugares para treinamento de profissionais e repasse de orientação aos portadores.

    "Aqui será possível mensurar a dosagem de carga viral dos pacientes, o CD4, que proporciona informações importantes para o médico decidir como será o tratamento dos portadores de vírus HIV. Além disso, será  um centro formador porque serão treinadas as pessoas de Juiz de Fora e da região, para que elas possam dar continuidade ao seu trabalho em seus municípios", completa.

    Para o prefeito Bruno Siqueira (PMDB), a nova estrutura criará um novo espaço para desenvolver o programa de DST/ Aids, para desafogar o atendimento no PAM Marechal. "A população terá um ponto de referência e estamos inclusive desafogando um local muito problemático. Estamos diminuindo os serviços daquele prédio e consequente dando mais segurança aos usuários. Vamos também estudar alternativas para transferir outros serviços que atualmente funcionam naquela unidade", propõe.

    Centro de Vigilancia em Saude Centro de Vigilancia em Saude

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.