• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Sábado, 21 de novembro de 2015, atualizada às 13h10

    Exercícios físicos em casa devem ser feitos com orientação de profissionais

    Lucas Soares
    Repórter

    Na era digital, são várias as facilidades encontradas na internet. Nos celulares, os aplicativos conquistaram grande espaço, principalmente, porque abrangem todas as áreas, inclusive a saúde. Com o dia-a-dia corrido por grande parte da população, esses apps prometem assumir o papel de educadores físicos e fisioterapeutas, elaborando listas de exercícios para serem reproduzidos em casa e em pouco tempo.

    O professor de educação física Márcio Júnior explica que é necessário ter cuidado com essas informações. "A evolução tecnológica trouxe um número enorme de informações relacionadas a atividade e ao exercício físico. Como em qualquer conteúdo, é necessário filtrar a fonte e a qualidade das informações repassadas. Se existem milagres? Não! As pessoas devem estar cientes de que a busca de resultados relacionados à atividade física passa por um plano adequado às suas capacidades físicas, o que leva algum tempo, e este tempo é diferente dependendo do objetivo e o organismo da pessoa", afirma.

    O usuário também deve ter atenção em relação às lesões, conforme explica o educador físico e proprietário da Academia Fórum, Marcelo Brigatto. "Hoje em dia, há muita oferta de exercícios "caseiros" que oferecem milagres de ótimos resultados num curto espaço de tempo. Deve-se tomar cuidado, pois eles podem ocasionar lesões graves, sem sequer sair de casa. Esses aplicativos são indicados de forma geral, mas nem todos podem executar o que se prescreve neles da mesma maneira. Então, não podemos generalizar, seguindo à risca o que é proposto lá. O que é bom para um, pode ser um estímulo fraco para outro ou muito forte para outra pessoa, provocando até mesmo o overtraining, que é o excesso de treinos, trazendo lesões mais graves e até mesmo irreversíveis."

    Por isso, o fisioterapeuta Felippe Balbi revela a importância da avaliação física, antes de se começar a praticar exercícios. "Quando o indivíduo procura uma atividade física, antes de tudo, ele deve passar por uma avaliação específica, para o profissional responsável conhecer essa pessoa e saber quais são as limitações, se há ou não algum tipo de lesão que o impede de realizar um exercício específico, se há algum desequilíbrio biomecânico que possa deixá-lo vulnerável a se lesionar. O acompanhamento profissional é muito importante", garante.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.