• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Quarta-feira, 3 de maio de 2017, atualizada às 17h20

    Secretaria de Saúde alerta para baixa imunização de crianças contra gripe

    Da redação

    O balanço da segunda semana da Campanha de Vacinação contra a Gripe em Juiz de Fora foi divulgado nesta quarta-feira, 3 de maio. Segundo os dados da Secretaria de Saúde (SS), até o momento, foram 22.709 imunizações, o que corresponde a 19,10% do total de pessoas do grupo prioritário. Mas, de todos os público, o que chama atenção é o baixo número de vacinações em crianças. Até esta quarta, apenas 1.999 foram imunizadas, de um total de 27.602, que corresponde a 6,31%.

    Segundo a gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, Michele Freitas, é importante que os pais e responsáveis levem as crianças de seis meses a menores de 5 anos para serem vacinadas. “Fazemos um apelo as mães, já que são comuns casos de agravamento da doença neste público. Nos outros grupos, temos uma procura dentro da normalidade. O maior número de imunizações são, normalmente, no Dia 'D', que acontece no sábado, 13, em toda a cidade”, destaca. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS) é de vacinação de 90% do público-alvo, que compreende, no município, 112.935 pessoas.

    A gerente destaca que o clima mais frio e seco, comum na estação do inverno, propicia maior número de casos de gripe. “As pessoas preferem ambientes mais fechados, o que facilita a transmissão do influenza. Por isso, a vacina é necessária para evitar esses contágios. Outras formas de prevenção são evitar locais e ambientes fechados, sempre higienizar as mãos, se hidratar e se alimentar de maneira adequada”.

    Grupo prioritário e locais de vacinação

    O grupo prioritário é composto por crianças de seis meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas (mães com bebês de até 45 dias), trabalhadores da saúde, idosos, doentes crônicos – dentro do grupo das comorbidades preconizadas pelo Ministério da Saúde (MS) e com receita médica – e professores da rede pública e privada.

    As vacinas estão disponíveis até 26 de maio em todas as unidades de Atenção Primária à Saúde (Uaps); no Posto de Atendimento Médico (PAM) Marechal, térreo e 3º andar; e nos departamentos de Saúde da Criança e do Adolescente (DCSA), na Rua São Sebastião, 772, Centro, e do Idoso (DSI), na Rua Batista de Oliveira, 943, Centro, quase esquina com a Avenida Itamar Franco, de segunda a sexta-feira.

    Contraindicado

    A vacina ofertada é a trivalente, e protege contra os três subtipos do influenza: A (H1N1); A (H3N2); e influenza B. Composta por vírus inativados, ou seja, mortos, é bastante segura. A dose é contraindicada para pessoas que têm histórico de reação grave a doses anteriores ou alergia grave a ovo de galinha. É recomendado adiar a vacinação por dez dias nos indivíduos que apresentam doença aguda grave como a dengue.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.