Sexta-feira, 2 de março de 2018, atualizada às 8h

Postos de vacinação abrem neste sábado

Da redação

Neste sábado, 3 de março, os 66 postos de vacinação disponibilizados pela Secretaria de Saúde (SS) estarão abertos, para campanha contra a febre amarela. As 63 unidades básicas de saúde (UBSs), o PAM-Marechal e os departamentos de Saúde da Criança e do Adolescente e do Idoso vão funcionar de 8h às 17h.

O objetivo é garantir que todos aqueles juiz-foranos que não têm contraindicações e ainda não se vacinaram, o façam neste dia. “A forma realmente eficaz de evitar esta doença é a imunização. É fundamental que as pessoas se conscientizem e procurem os postos para se proteger. Estamos fazendo nossa parte, precisamos que a população faça a sua também”, alerta a secretária de Saúde, Elizabeth Jucá.

A determinação é de dose única para todas as pessoas, que garante imunização por toda a vida. Portanto, pessoas com idade acima de 9 meses devem tomar uma única dose da vacina para se proteger contra a doença.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES/MG) confirmou a infecção de 22 juiz-foranos com a doença, sendo que cinco casos evoluíram para óbito. Além da vacinação, o uso de repelente também é indicado como medida de reforço protetivo, não só contra a febre amarela, mas também contra dengue, zika e chikungunya. É importante que as pessoas levem o cartão vacinal.

Horário estendido durante a semana

A partir de segunda-feira, 5, as 63 unidades básicas de saúde (UBS) voltam a abrir também no horário de almoço, das 11h às 13h, exclusivamente para vacinação contra a febre amarela.

Não podem tomar a vacina

- Pessoas com alergia grave a ovo
- Transplantados
- Pessoas que fazem tratamento com corticóides em doses imunossupressoras
- Pessoas submetidas a tratamento com imunossupressores
- Pessoas que já tomaram a vacina anteriormente
- Pessoas com histórico de doenças do timo
- Pessoas com doenças hematológicas e neoplásicas
- Pessoas com doenças autoimunes
- Pessoas com lúpus
- Nos casos de doenças agudas febris, moderadas ou graves, recomenda-se adiar a vacinação até a resolução do quadro

Só devem tomar com orientação médica

- Pessoas em tratamento com radioterapia/quimioterapia. Após o tratamento, esperar três meses para se vacinar
- Portadores de HIV/AIDS


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.