Quarta-feira, 18 de abril de 2018, atualizada às 11h02

Liraa de abril aponta estado de alerta para o risco de diversos vírus em JF

Da redação

O Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti (Liraa) de abril aponta “estado de alerta” para o risco de arboviroses (classificação de diversos tipos de vírus) em Juiz de Fora. Com resultado de 3,74%, o índice está pouco abaixo da categoria considerada como “risco de surto”, caracterizada por resultados superiores a 4%. Foram 85 notificações de dengue, com 23 casos confirmados. A chikungunya teve 18 notificações, com três confirmações. Já a zika apresentou seis notificações, com um caso confirmado.

O maior número de focos do mosquito continua dentro de casas e estabelecimentos comerciais, apontando a necessidade da participação da população na luta contra as doenças provocadas pelo vetor, como dengue, zika, chikungunya e agora, mais do que nunca, febre amarela.

O número de notificações de arboviroses é baixo em relação aos anos epidêmicos de 2013 e 2016, mas é preciso manter a atenção, já que, mesmo com a queda das temperaturas e diminuição das chuvas, os ovos podem se manter viáveis por mais de um ano.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.