Terça-feira, 30 de julho de 2019, atualizada às 18h05

Número de mortes confirmadas por dengue sobe para 12 em Juiz de Fora

Da redação

Mais duas mortes por dengue foram confirmadas em Juiz de Fora conforme dados divulgados no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) na segunda-feira, 29 de julho. Assim, sobe para 12 o total de óbitos pela doença na cidade.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os casos confirmados são de uma idosa de 87 anos, do bairro Cascatinha, que tinha hipertensão arterial e cardiopatia crônica, e um homem de 45 anos, do Santa Cândida, que tinha hipertensão, neoplasia de próstata, hemicolectomia, revascularização, e histórico de AVC.

Nos últimos dias, o Departamento de Vigilância Epidemiológica de Juiz de Fora recebeu três encerramentos de casos suspeitos de dengue, o que significa que as suspeitas foram descartadas. São elas, a de uma idosa de 60 anos, do Fábrica, de uma idosa 66 anos, de Benfica e de um idoso de 72 anos, do Santo Antônio. Outras duas mortes estão em investigação. Os casos foram enviados para a Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte, onde são descartados ou comprovados por meio de exames mais complexos, como o de sorologia.

Casos prováveis e incidência

Conforme o boletim, com relação aos casos prováveis de dengue, Juiz de Fora tem 4.491 casos de dengue e registra incidência considerada muito alta. O índice passou de 628,02 para 795,84 suspeitas a cada 100 mil habitantes. No ano, foram 227 casos prováveis de chikungunya e 11 de zika.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.