• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Sábado, 28 de setembro de 2019, atualizada às 9h15

    Projeto realiza debate sobre suicídio nas escolas

    Da redação

    Na próxima segunda-feira, 30 de setembro, o projeto "Em favor da vida" vai realizar um debate entre profissionais da área de saúde mental e representantes de instituição de ensino público e privada sobre suicídio, na Câmara Municipal. Com a temática "O que as escolas, colégios, faculdades e universidades podem fazer para a prevenção do suicídio de alunos e professores", o evento ocorre das 9h às 12h. Estudantes e professores são o foco da ação, mas a participação será aberta ao público que não precisa fazer inscrição prévia. Basta chegar no horário e local agendados.

    O pastor e fundador do projeto, Adilson de Souza Madeira, diz que o objetivo do debate é alertar para uma situação cada vez mais presente nas instituições de ensino e fomentar nas discussões formas para que as instituições possam lidar melhor com esses casos envolvendo seu corpo discente e docente.

    "A pauta central é o suicídio. Temos observado que jovens estudantes estão cada vez mais recorrendo ao suicídio. E não menos distante, alguns professores que chegam ao extremo de estresse, problemas financeiros e acabam recorrendo ao suicídio. Nossa intenção é abordar o assunto e discutir como podemos nos unir para minimizar esses casos", explica o idealizador.

    Ações contra suicídio em JF

    Além dos debates, o projeto já definiu agenda para o mês de outubro, quando será debatido mais uma vez o autoextermínio, mas com foco nos agentes de segurança pública.

    O fundador recorda que existe um Projeto de Lei (PL) de iniciativa do vereador José Fiorilo (PTC) tramitando no Legislativo com intuito de criar o Dia Municipal de Conscientização e Prevenção ao Suicídio, proposto para dia 10 de setembro. "Desenvolvi um site com informações vinculadas ao Centro de Valorização da Vida (CVV), depoimentos e vídeos que podem colaborar com a pessoa em situação de vulnerabilidade. Além disso, estamos buscando apoio em empresas e Prefeitura para colocarmos adesivos com frases em favor da vida nas lixeiras, pontos de ônibus, nas empresas e nos espaços públicos", completa.

    Como divulgado no último dia 17 de setembro, Juiz de Fora passará a contar com um posto do CVV. O projeto funciona com a participação voluntários capacitados para atenderem através do telefone 188 às pessoas que necessitam de apoio e é considerado uma importante ferramenta na prevenção ao suicídio. A sede funcionará em uma sala cedida no prédio da Câmara.

    Segundo dados levantados pela assessoria do vereador, com base nos registros da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Samu e unidades de saúde, a cidade já registrou 147 casos de suicídios tentado e consumado até dia 27 de setembro, em alguns dos registros as vítimas são estudantes.

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.