Quinta-feira, 16 de janeiro de 2020, atualizada às 9h15

Secretaria de Saúde realiza primeiro Liraa de 2020 em Juiz de Fora

Da redação

A Secretaria de Saúde (SS) iniciou o primeiro Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti (Liraa) de 2020. O objetivo é apurar o Índice de Infestação Predial (IIP) do  município, para direcionar ações de combate ao vetor nos bairros com maior número de focos. Devido ao período de muitas chuvas, os trabalhos não têm previsão de término.

Segundo a assessoria, serão 224 bairros, 877 quarteirões e 5.593 imóveis visitados. "Quando encontrados, os focos terão aplicação de larvicida, ou eliminados, se possível. As amostras, após o levantamento em campo, vão para o laboratório. As análises revelarão se os materiais encontrados são realmente vetores da dengue, zika e chikungunya. A liberação dos dados colhidos será feita pela Subsecretaria de Vigilância em Saúde (SSVS)".

Serão 15 equipes nos trabalhos de vistorias em campo. Os agentes atuam sempre uniformizados e com crachá de identificação da PJF, das 8h às 14h, no período do Liraa. Em caso de dúvida, e para informações sobre a vistoria, a população pode entrar em contato com o ponto de apoio central da dengue, pelo telefone (32) 3212-3070.

No último levantamento, aproximadamente 98% dos focos foram encontrados dentro das residências, em quintais, vasos e plantas aquáticas, calhas, ralos, caixas d`água e terrenos com lixo e entulhos. Os locais de foco apontam que a vigilância da população deve ser redobrada, para o combate ao mosquito.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.