• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Sexta-feira, 15 de maio de 2020, atualizada às 18h09

    Juiz de Fora soma 23 mortes por coronavírus, segundo PJF

    Da redação

    Mais uma morte pelo novo coronavírus foi confirmada nesta sexta-feira, 15 de maio, em Juiz de Fora, segundo boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF). Com os novos registros, a cidade totaliza 23 mortes por covid-19. Mais um caso foi confirmado, contabilizando 418 pessoas infectadas.

    O óbito registrado é de uma idosa de 75 anos que morreu nesta sexta, 15. Ela tinha Doença Cardiovascular Crônica (DCC).

    O boletim também mostra 125 novas suspeitas, que contabiliza 3.435. Dois óbitos estão em investigação.

    Todos os dados são referentes a moradores de Juiz de Fora.

    - 3.435 suspeitos
    - 418 confirmados
    - 23 óbitos confirmados
    - 2 óbitos em investigação

    Boletim JF Salvando Todos

    A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) divulgou nesta sexta-feira, 15 de maio, a primeira edição do boletim informativo JF Salvando Todos, desenvolvido por pesquisadores da instituição. Em sua primeira edição, o documento elucida os dados coletados até a última quarta-feira, 13, que apontam a Zona da Mata como a segunda região com maior número de casos em Minas Gerais, com Juiz de Fora concentrando o maior número de casos confirmados: 66%. Além do panorama local, o boletim também aborda o cenário no estado e no Brasil.

    O documento será publicado quinzenalmente em uma plataforma on-line e informa de maneira acessível, por meio da análise de dados e gráficos, o panorama sobre o coronavírus em Juiz de Fora e no Brasil. No site do projeto, também estão disponibilizadas as notas técnicas elaboradas pelo Grupo de Modelagem Epidemiológica da COVID-19.

    Atualmente, a equipe responsável pelo boletim conta com seis colaboradores.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.