• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Sábado, 24 de outubro de 2020, atualizada às 08h20

    Minas Gerais registra queda em número de surtos de Covid-19

    Da redação

    Depois de já ter registrado 96 surtos causados pelo novo coronavírus no estado em uma única semana de julho, Minas, progressivamente, registra queda nesse tipo de notificação, chegando a três registros de surtos na última semana epidemiológica. A diminuição do número de surtos está entre os fatores que apontam para uma redução da infecção pela Covid-19, o que, segundo as autoridades sanitárias, reforça um cenário de controle da doença no estado.

    “Pode-se definir surto como um caso confirmado, seguido de mais dois casos confirmados (assintomático ou sintomático) com vínculo epidemiológico em um ambiente restrito”, explica a coordenadora da Sala de Situação da Subsecretaria de Vigilância em Saúde da SES-MG, Eva Lídia Medeiros.

    A diferença observada neste momento, de acordo com o secretário de Estado de Saúde (SES-MG), Carlos Eduardo Amaral, mostra a tendência de redução da epidemia em Minas. “Os surtos demonstram ampliação no número de casos e um alastramento da epidemia. Essa queda significa que estamos tendo um controle progressivo da doença”, diz.

    A redução dos surtos não é o único fator que sinaliza a tendência de queda da transmissão da Covid-19 em Minas. Além desse indicador, a taxa de transmissão (RT) está abaixo de 1 nos últimos sete dias, a ocupação de leitos está abaixo de 60% e o número de óbitos registrados no estado também está queda.

    Cenário

    Desde o início da pandemia, em março, Minas registrou 1.057 surtos, envolvendo 18.095 casos.

    Em julho, na semana epidemiológica 29, houve no estado o pico dessas notificações, quando foram registrados 96 surtos de coronavírus. A alta correspondeu, de acordo com Eva Medeiros, ao aumento de casos de infecção pela covid-19 registrados no estado naquele período. Depois disso, aos poucos, houve uma redução nas notificações de surto e, no final de setembro e no início de outubro, os casos reduziram de forma significativa, chegando na última semana a três surtos registrados.

    Mobilização

    Essa redução, de acordo com a coordenadora da Sala de Situação, é fruto das ações estaduais de prevenção e de enfrentamento à pandemia. “Quando começaram os registros de surtos, houve uma mobilização do Governo do Estado com adoção de medidas eficazes parar frear essas contaminações, por meio de treinamento das equipes ou até mesmo apoio em alguns locais de surto. Inclusive, para essas ações contamos com a integração de outras secretarias, prefeituras e do Ministério Público”, comenta Eva.

    Segundo ela, os lugares de maior atenção para esse tipo de notificação são os serviços de Saúde, as unidades prisionais e socioeducativas e instituições de longa permanência (ILPI).

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.