Sexta-feira, 4 de dezembro de 2020, atualizada às 19h40

Juiz de Fora confirma mais três mortes e 257 novos casos de Covid-19 em 24h

Da redação

A Secretaria de Saúde (SS) de Juiz de Fora informou, nesta sexta-feira, 4 de dezembro, que 349 pessoas estão hospitalizadas por Covid-19 no município - 120 pacientes ocupam leitos de UTI e 229 de enfermaria (público e privado). A taxa de ocupação dos leitos de UTI da rede pública é de 81,21%. Já os leitos de UTI particulares, 82,72% estão ocupados. O índice de ocupação de UTI geral (público - privado) é de 81,75%.

Nesta sexta, 4, mais três mortes foram registradas pelo novo coronavírus no município, contabilizando 339 óbitos. Com as atualizações, 257 novos casos positivos foram confirmados, somando 10.191. Mais 538 suspeitas foram registradas, totalizando 33.910. Todos os dados são referentes a moradores de Juiz de Fora. Óbitos:

Idosa, de 77 anos, morreu nessa quinta-feira, 3. Comorbidades: Doença Cardiovascular Crônica (DCC) e Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS);

Idosa, de 81 anos, morreu no dia 30 de novembro. Comorbidade: Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS);

Idosa, de 70 anos, morreu nessa quinta-feira, 3. Comorbidade: Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS).

Parceria entre PJF e UFJF totaliza quase dez mil exames de Covid-19

Desde abril, quando foi firmada parceria entre a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e a Universidade Federal (UFJF), para realização de testes de covid-19 (coronavírus), já foram realizados 9.644, dos quais 3.102 positivos. As testagens estão sendo feitas pelos laboratórios do Instituto de Ciências Biológicas e da Faculdade de Farmácia. Os resultados são enviados para o Departamento de Vigilância Epidemiológica (Dvea) da Secretaria de Saúde (SS). Não há custos para os pacientes.

O exame é direcionado aos profissionais de saúde sintomáticos, entre o terceiro e o décimo dia de indícios da doença; aos pacientes internados em “leitos covid”, pactuados com o Município, e aos atendidos na atenção básica, em situação de vulnerabilidade. Estão nesta condição pessoas acima de 65 anos, cuidadores de idosos, diabéticos, hipertensos descompensados e obesos.

Também são contemplados servidores sintomáticos da segurança pública, do Departamento Municipal de Limpeza Pública (Demlurb), da Companhia de Saneamento Municipal (Cesama), dos centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Especializado de Assistência Social (Creas) e dos demais serviços de assistência social que prestam atendimento direto à população.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.