• Assinantes
  • Autenticação
  • Seus Direitos
    Quarta-feira, 12 de setembro de 2012, atualizada às 12h40

    Operadoras de telefone apresentam resposta à investigação do Procon

    Da Redação
    Operadoras de telefone Procon

    Após a instauração de investigação preliminar da Agência de Proteção e Defesa do consumidor de Juiz de Fora (Procon/JF), as quatro empresas de telefonia móvel envolvidas apresentaram propostas diante as solicitações feitas pelo órgão. Com relação às regiões da cidade com maior interferência de sinal, a Tim explicou não haver este tipo de problema e as outras três empresas, Claro, Oi e Vivo, não informaram.

    As quatro empresas estão sendo investigadas com relação à qualidade e cobertura do sinal na cidade, da existência de atendimento presencial aos consumidores, da regularidade da publicidade veiculada nos meios de comunicação e ofertas ao público em geral, da inocorrência de cláusulas abusivas nos contratos e dos planos de investimentos em Juiz de Fora.

    Respostas

    Segundo as informações repassadas pelo Procon, os dados referentes à existência de atendimento presencial em Juiz de Fora é preocupante. Dentre as empresas investigadas apenas a Oi e Claro informaram possuir loja física para atendimento às demandas dos consumidores, o que, considerando o porte do município e o número de clientes, torna-se insatisfatório.

    Quanto à solicitação de informações sobre a cobertura do sinal, apenas a empresa TIM apresentou a relação por bairro, tendo as demais empresas apresentado a sua cobertura apenas por meio de mapas. Em relação aos planos de investimentos na cidade nos próximos três anos, nenhuma das empresas apresentou resposta satisfatória. Foram apontados, genericamente, os investimentos na rede em âmbito nacional ou estadual sem aprofundar, especificamente, para os problemas e soluções necessárias para a melhoria do serviço na cidade, alvo de inúmeras reclamações.

    Segundo a assessoria do órgão, os contratos e as mensagens publicitárias enviadas serão objeto de avaliação e a investigação será divulgada posteriormente. Para o superintendente do Procon, Carlos Alberto Gasparette, as respostas apresentadas foram insatisfatórias e determinam imediata abertura de processo administrativo para apurar eventual falha na prestação das informações requeridas pelo Procon.

    Confira todas as respostas oferecidas pela empresa ao Procon na tabela abaixo

    1 - Número de antenas

    Tim Oi Vivo Claro
    73 antenas 54 antenas 37 antenas e 22 em processo de implantação 39 Antenas

    2 - Bairros com cobertura parcial do serviço

    Tim Oi Vivo Claro
    Bairu; Barreira do Triunfo; Bomba de Fogo; Floresta; Morro do Imperador; Muçumge da Grama; Remonta; Represa; São Bernardo; São Dimas; Serro Azul; Vila Olavo Costa; Vitorino Braga. A resposta foi apresentada por meio de mapa, sendo impossível identificar os bairros com cobertura completa e parcial. A resposta foi apresentada por meio de mapa, sendo impossível identificar os bairros com cobertura completa e parcial. A resposta foi apresentada por meio de mapa, sendo impossível identificar os bairros com cobertura completa e parcial.

    3 - Regiões na cidade com interferência de sinal

    Tim Oi Vivo Claro
    Não há Não informado Não informado Não informado

    4 - Loja Física para atendimento pessoal aos consumidores

    Tim Oi Vivo Claro
    Não informado Av. Barão do Rio Branco, nº 1.680, Centro. Não informado Rua Halfeld, nº 825, Centro e avenida Independência nº 3.600, 134, Cascatinha

    5 - Melhorias na cobertura de sinal

    Tim Oi Vivo Claro
    1 - Novos sites 2G – Melhoria de cobertura e qualidade (realizados 01 e previstos 01)
    2 - Ampliação 2G – Melhoria de qualidade (realizados 89 e previstos 14)
    3 - Novos sites 3G – Melhoria de cobertura e qualidade (realizados 02 e previstos 00)
    4 - Ampliação 3G – Melhoria de qualidade (realizados 00 e previstos 50)
    Não informou projeção para os próximos 3 anos, conforme requerido.
    Investimentos de R$ 1.000.000,00 nos últimos 5 anos.
    Investimento de R$ 500.00,00 em 2012.
    Apresentou à Anatel Plano de Investimento no valor de R$24 bilhões nem nível nacional, mas sem identificar planos específicos para Juiz de Fora, conforme requerido.
    Investimento em Minas Gerais de 1,27 Bilhões entre 2007 e 2011.
    Não informou projeção para os próximos 3 anos, conforme requerido.
    Informou que possui 5 antenas em fase de implantação aguardando licenciamento da Prefeitura e outras duas antenas em fase de projeto de implantação.
    Ademais, informou que três antenas têm projeto de melhoria para o sinal 3G e em uma antena já foi efetivamente realizada a melhoria para a rede 3G.

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.