• Assinantes
  • Autenticação
  • Só Sabor
    Sábado, 4 de fevereiro de 2017, atualizada às 10h30

    Uso do cream cheese vai muito além do ice e hot philadelphia

    Angeliza Lopes
    Repórter
    foto

    Mais habituado a combinação na culinária japonesa, o brasileiro conhece pouco as diversidades para o uso do cream cheese. O produto de origem norte-americana começou a se popularizar no país nos últimos cinco anos, principalmente, nos ice ou hot philadelphia. Mas, diferente do que muito pensam, a sua diversidade em receitas é infinita e combina em prato doces e salgados. Além disso, apesar de parecer com o requeijão, a única semelhança entre os dois é que ambos são perfeitos para passar naquele 'pãozinho' no desjejum e lanche. O cream cheese industrializado possui baixo teor de sódio, PH neutro e é mais saudável, por conter menos gordura saturada.

    Formado em química e técnico em laticínios, o diretor industrial da Vereda – que lançou seu próprio cream cheese, Marcelo Macedo, conta que o ingrediente produzido à base de leite existe há 150 anos e teve o primeiro relato de sua produção na região de Wisconsin, nos Estados Unidos. “Um norte-americano tentou fabricar um queijo francês e por engano chegou em um produto. Não era consistente igual um queijo, não era cremoso, colocava na faca e ele ficava, espalhava bem”.

    A internacionalização do produto começou da década de 50, com exportações para Austrália, Inglaterra e México e, logo depois, Espanha. Macedo narra que no Brasil o cream cheese 'desembarcou' na década de 90, ainda importado dos EUA. Como não era comum ao paladar e a cozinha do país, durante muitos anos seu consumo ficou muito restrito a comida japonesa e ao cheesecake. “Nos últimos cinco anos, até mesmo pela popularização da comida oriental, o ingrediente tornou-se mais visto e consumido, ganhando espaço aos poucos nas entradas, pratos principais e sobremesas de outras gastronomias.".

    Muito conhecido pelos seus risotos, o chef de cozinha Marcão de Paula brinca que os brasileiros estão mal-acostumados. “Queremos mostrar que o cream cheese pode ser um componente interessante e delicioso nos mais diversos pratos, inclusive nas sobremesas”.

    O chef lança desafio para os internautas ao dizer que para ousar no uso do cream cheese, basta usar a criatividade. “No jantar que tínhamos o ingrediente como ator principal, conseguimos produzir cinco pratos. Fizemos um sufle muito fácil, que tinha como base o ingrediente e um chantily  utilizando o creme de leite fresco batido em chantily junto com o item e um pouco de açúcar”, explica. Outras dicas que Marcão dá é usar o laticínio no molho do bacalhau ou misturá-lo no salmão cru, tipo tartar. “Existem infinitas ideias para sobremesa. Se misturarmos ele com um pouco de gelatina, se torna uma panna cotta, que pode ser finalizada com calda”.

    Confira duas receitas exclusivas do chef Marcão que tem o ingrediente de destaque.

    Tortinha de milho com molho de frutas vermelhas:

    2 latas de milho sem água

    4 ovos inteiros

    2 latas de leite condensado

    2 colheres de sopa de manteiga

    3 colheres de café de fermento royal

    100g de coco ralado com açúcar

    Como fazer:

    • Coloque os ingredientes no liquidificados, exceto o fermento e bata por 5 minutos. Misturar o fermento delicadamente na massa. Pré aqueça o forno a 180 graus e asse em tabuleiro untado e farinhado. Espete um palito para verificar o ponto.
    • Creme Chantilly (1 pessoa): Junte na batedeira, 100ml de creme de leite fresco, uma colher de sobremesa de açúcar , 50g de cream cheese e bata em velocidade alta até atingir o ponto de chantilly.
    • Calda de frutas vermelhas: corte 4 morangos em 4 partes e 4 amoras inteiras e reserve. Em uma frigideira, faça uma calda com 50gr de açúcar , quando estiver bem derretido e na cor de caramelo, flambe com cointreau, junte 20ml de creme de leite fresco, abaixe o fogo e continue mexendo até dissolver a acalma novamente. Junte as frutas reservadas e deixe cozinhar em fogo baixo por 5 minutos.
    • Montagem: com a ajuda de um aro, corte a tortinha e disponha no centro de um prato. Regue com a calda de frutas vermelhas e coloque o chantilly por cima.

    foto

    Bacalhau ao molho cheam cheese com legumes e farofa/ para uma pessoa:

    Uma posta de bacalhau dessalgado,

    50 ml de creme de leite fresco,

    20g de cream cheese ,

    1/2 cebola cortada em juliene bem fina,

    50ml de azeite,

    1 quiabo partido ao meio no sentido do comprimento,

    1 mini tomate orgânico partido em 4 no sentido do comprimento,

    1 cebola pérola partida ao meio,

    1 mini berinjela partida ao meio,

    1 mini chuchu partido ao meio,

    sal e pimenta a gosto

    Como Fazer:

    • Em uma frigideira de teflon pré aquecida, grelhe o bacalhau até dourar bem e reserve. Em uma panela refogue a cebola em todo o azeite e reserve. Junte o creme de leite e o cream cheese, bata bem para misturar, tempere com sal e pimenta e reserve. Tempere todos os legumes com sal e pimenta e asse em forno pré aquecido a 200º até que fiquem macios.

    Farofa de panco e amêndoas :

    • 50g de farinha panco, 50gr de manteiga, 10gr de amêndoas laminadas. Em uma frigideira junta a manteiga e as amêndoas e refogue até doura-las. Junte a farinha panco e refogue, sem parar de mexer até ficar crocante . Tempere com sal e pimenta a gosto.

    Montagem:

    • No centro do prato, disponha a cebola refogada, disponha o bacalhau por cima da cebola, esquente levemente o creme de queijo e regue todo o bacalhau. Coloque os legumes no prato como preferir e salpique tudo com a farofa de panco.

    foto

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.