• Assinantes
  • Autenticação
  • Tecnologia
    Terça-feira, 21 de outubro de 2014, atualizada às 11h19

    Operadoras estudam cobrar quando usuário atingir limite do pacote de dados

    As operadoras de telefonia celular do Brasil estudam uma nova forma de cobrança na tarifa do uso da rede de internet. Quem atingir o limite da franquia, ao invés de ter a velocidade reduzida, terá que contratar um novo pacote caso queira continuar conectado.

    A primeira a adotar a medida será a Vivo, maior operadora do país, com mais de 79 milhões de clientes. A companhia apresentará esse formato, primeiramente, para aqueles que tiverem celulares pré-pagos. O serviço, futuramente, será estendido para as pessoas de planos pós-pagos.

    A forma como o serviço funciona atualmente reduz a velocidade em até 10 vezes daquela contratada. A partir de novembro, aqueles que excederem a cota e ainda quiserem continuar a navegar e utilizar a internet precisarão comprar mais 50 MB por R$ 2,99 para usar pelos próximos sete dias, segundo a Vivo. A Oi e a TIM já confirmaram que vão estudar essa proposta e a Claro não se manifestou. 

    A legislação vigente afirma que os consumidores precisam ser alertados de quaisquer alterações em seus planos com 30 dias de antecedência.

    No mundo

    Esse sistema de cobrança é o que atualmente funciona em países da Europa e nos Estados Unidos. No país norte-americano, por exemplo, um pacote de 2 GB com a operadora Verizon custa US$ 60 (aproximadamente R$ 150). Quando o cliente consome metade desses dados, ele recebe uma recomendação para contratar 1 GB a mais no valor de US$ 15 (algo em torno de R$ 36).

    A "velocidade reduzida" já foi oferecida nos Estados Unidos, mas não obteve sucesso com os clientes de lá, que reclamaram da baixa qualidade da conexão. As operadoras nacionais pretendem acabar exatamente com esse estigma também adquirido pelo serviço após exceder o pacote contratado. A intenção é oferecer uma experiência mais fiel em relação à internet que foi contratada pelos consumidores e evitar que uma navegação lenta atrapalhe os usuários.

    Com informações do TecMundo.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.