Pacotes turísticos para a Semana Santa começam a esgotarProcura antecipada, motivada pelo aquecimento do mercado, faz com que clientes tenham menos opções de pacotes para o feriado

Victor Machado
*Colaboração
15/3/2011
Fotos de alguns destinos Turísticos

O feriado da Semana Santa aproxima-se e os turistas começam a buscar destinos para viajar. No entanto, quem deixou para última hora pode ter dificuldade de encontrar o pacote desejado. A busca antecipada fez com que pacotes para alguns destinos esgotassem ou se tornassem mais caros.

De acordo com a sócia-proprietária de uma agência de viagens, Karina Boa Sorte Costa, para quem ainda não comprou os pacotes, a diferença é a falta de opções de escolha. "Ainda é possível obter bons pacotes, mas os preços acabam sendo maiores. Quem compra com antecedência, tem a opção de escolher o hotel, o horário do voo, as localidades. Tudo isso influencia no valor", explica.

Os destinos mais procurados pelos juiz-foranos são Buenos Aires, com pacotes em torno de R$ 1.472; Nordeste, que possui pacotes a partir de R$ 1.100 — para Natal (RN), por exemplo —; e Estados Unidos, com preços de R$ 3.500. Apesar da desvalorização do dólar, os pacotes para os Estados Unidos não baixaram os preços. "A vantagem para quem vai viajar para a América é comprar a moeda barata, para poder gastar no país. Mas os pacotes não foram influenciados", explica Karina.

A procura por viagens durante a Semana Santa começou ainda no ano passado. "Os clientes costumam vir à agência com muita antecedência, para ter as melhores opções." Outra justificativa para a antecipação nas compras é o aquecimento do mercado. A expectativa da agência é de um crescimento de 10% na procura, em relação ao ano passado. "O mercado aquecido faz com que a procura seja maior. Com isso, os interessados acabam garantindo o pacote mais cedo. Caso contrário, o cliente pode ficar sem a tão sonhada viagem."

A procura com antecedência é, inclusive, indicada. A principal orientação para quem deseja fazer uma viagem é procurar uma agência com, pelo menos, seis meses de antecedência. Dessa forma, é possível planejar a viagem desejada, com as melhores opções de hotéis, destinos e passagens aéreas. "A dica é planejar com antecedência. Em casos de última hora, o cliente fica muito restrito." Isso porque, o fluxo de clientes aumentou, mas a estrutura turística brasileira continua antiga, na opinião de Karina. "Trabalhamos com número de voos restrito. Ou seja, a demanda aumentou, mas a estrutura é a mesma. Isso acaba restringindo as possibilidades."

Pacotes para o exterior

Em agências focadas em pacotes para o exterior, a busca ainda é considerada baixa. "As pessoas costumam procurar depois do Carnaval. A expectativa é que a demanda aumente a partir de semana que vem", afirma a consultora de vendas, Juliana Timponi. Segundo ela, ainda não é possível fazer uma previsão para as vendas deste ano.

O consultor de vendas Eduardo Hargreaves, afirma que, por trabalhar com públicos mais específicos, essas agências acabam tendo uma procura menor. "Normalmente, os clientes são fixos e antigos". Juliana acredita que, por se tratar de agências com destinos mais caros, o público acaba ficando mais restrito. "Podemos dizer que esse tipo de agência atende uma classe mais alta, principalmente, pelos destinos que vendemos".

Viagens rodoviárias

Ao contrário dos pacotes aéreos, a busca por passagens de ônibus ainda é baixa. O vendedor de uma empresa de transporte rodoviário de passageiros, Ivanir Esteves do Amaral, explica que os clientes têm o costume de procurar as passagens na última hora. "As pessoas estavam preocupadas com o Carnaval. Quando estiver próximo ao feriado é que começa a procura". Ivanir afirma que, na última segunda-feira, 14 de março, apenas duas pessoas procuraram a agência em busca de passagens para a Semana Santa. Segundo ele, os destinos mais procurados para viagens rodoviárias são, o interior de Minas Gerais e litoral do Rio de Janeiro e Espírito Santo. 

*Victor Machado é estudante do 7º período de Comunicação Social da Faculdade Estácio de Sá

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.