• Assinantes
  • Autenticação
  • Turismo

    Museus de Juiz de Fora No Dia Internacional dos Museus, confira as nossas dicas de passeios
    históricos-culturais, ecológicos e científicos em Juiz de Fora



    Renata Cristina
    Repórter
    17/05/2007

    Em todos os museus do mundo, os turistas têm direito a entrada franca nesta sexta, 18 de maio, em comemoração oficial ao Dia Internacional dos Museus. Em Juiz de Fora, as festividades abrangem projetos artísticos e educacionais com o objetivo de incentivar as visitas aos "templos de nossa história".

    O Museu Mariano Procópio é um dos fiéis representantes da cultura museológica juizforana. O acervo, com cerca de 45 mil objetos de grande valor histórico, artístico e científico, pode ser apreciado por turistas e nativos a custo zero.

    Para comemorar a data, a Fundação Mariano Procópio (Mapro), que administra o Museu, realiza o circuito Caminhos da Cultura e recebe estudantes de escolas públicas com passeios guiados pelo prédio e parte do parque. Os guias oferecem também uma opção de turismo ecológico pelas trilhas do prédio principal.

    Já o Museu de Arte Moderna Murilo Mendes (MAM), que reúne 300 peças, de artistas nacionais e internacionais como Miró, Picasso, Portinari, Hans Richter e Guinard, celebra a data com a mostra "Coleção Murilo Mendes: obra gráfica". Todas as 47 gravuras expostas fazem parte do acervo original do poeta, em cinco técnicas distintas que vão da xilogravura à serigrafia.

    Para os amantes dos trilhos, o Museu Ferroviário faz uma volta ao Brasil da década de 50. O acervo é composto por 311 peças, entre locomotivas, placas de tráfego, mobiliário, relógios, louças, miniaturas, instrumentos de trabalho e de comunicação utilizados na ferrovia. Os itens estão distribuídos em cinco salas temáticas, acompanhados de painéis didáticos que dão vida aos objetos de época.

    As visitas podem ser agendadas, gratuitamente, por escolas e grupos distintos, contemplando, ainda, portadores de deficiência visual, através de visitas sensoriais (leia a matéria!). O passeio intercala momentos lúdicos, com música, declamação de poemas, orientação dos guias e o toque nas peças do acervo. Para o melhor entendimento do público, foram feitas legendas em braile com a descrição de cada objeto e, ainda, a logomarca do próprio Museu foi reproduzida em alto relevo.

    Nos Museus do Índio e de História Natural do CES e da Academia, além das rotinas de atendimento às visitas, a equipe também estará participando no período de 08 a 25 de maio, do projeto Caminhos da Cultura.

    Juiz de Fora tem inúmeras opções de lazer e turismo, mande a sua sugestão para gente, através do e-mail: redacao@acessa.com.

    Anote as nossas dicas

    Museu Mariano Procópio
    Um dos mais importantes museus do país e possui cerca de 45 mil objetos de grande valor histórico, artístico e científico. Pinturas, esculturas, gravuras, mobiliário, prataria, armaria, numismática, cartofilia, indumentária, porcelanas, cristais e peças de História Natural integram o acervo.

    Endereço: Rua Mariano Procópio, s/n, bairro Mariano Procópio
    Informações: (32) 3690-2004 ou 3690-2200
    Visitas: terça a domingo, de 12h às 18h

    Museu de Arte Moderna Murilo Mendes
    São aproximadamente 300 obras originais, de artistas nacionais e internacionais como Miró, Picasso, Portinari, Hans Richter e Guinard. O museu também conta com um acervo de mais de oito mil livros, muitos pertencentes ao poeta Murilo Mendes.

    Endereço: Rua Benjamin Constant, 790, Centro
    Informações: (32) 3229-9070 e 3229-7624
    Visitas: segunda a domingo, de 9h às 20h

    Museu Ferroviário
    Criado em 2003, com o objetivo de resgatar a história e os costumes dos tempos áureos do trem pelas Minas Gerais, o Museu Ferroviário de Juiz de Fora é referência para o patrimônio cultural de todo o país. O acervo é composto por 311 peças, entre locomotivas, placas de tráfego, mobiliário, relógios e miniaturas.

    Endereço: Avenida Brasil, 2001, Centro
    Informações: (32) 3690-7055
    Visitas: segunda a sexta, de 9h às 17h

    Museu de História Natural e Museu de Etnologia Indígena
    O Museu de História Natural reúne mais de 80 mil exemplares entre minerais, rochas, fósseis, animais e plantas. O museu faz parte do Núcleo Acadêmico Beato Arnaldo Janssen, onde se encontra também o Museu de Etnologia Indígena com um acervo de 1.500 exemplares, de material indígena - pré-histórico e atual - e da cultura africana e brasileira.

    Endereço: Rua Halfeld, 1179, Centro
    Informações: (32) 3249-7761 e 3249-7781
    Visitas: segunda a sexta, de 7h10min às 11h30min e de 13h às 17h
    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.