Parque Estadual de Ibitipoca Serra atrai cada vez mais amantes do ecoturismo em busca de aventuras e relax



Renata Cristina
Repórter
26/12/2006

Sinônimo de ar puro, montanhas, natureza e relax. O Parque Estadual de Ibitipoca é um reduto de paz e tranqüilidade, onde inúmeros visitantes vão à procura de aventuras, descanso e belezas naturais.

A cada trilha, os turistas podem se surpreender com a diversidade das paisagens descobertas. Cachoeiras, riachos, plantas exóticas e uma fauna típica compõem esse cenário bucólico no município de Lima Duarte (MG), a 80 quilômetros de Juiz de Fora.

Para os adeptos do ecoturismo, a região oferece diversas trilhas para praticar treking, explorar grutas e tomar banho nas inúmeras lagoas de "águas de ferrugem". Quem curte esportes radicais pode aproveitar o visual rodeado de montanhas e se render ao rapel e vôos de parapente.

Os amantes da culinária mineira também têm deliciosos motivos para visitar a região. O fogão à lenha ainda continua sendo a principal ferramenta das cozinheiras para produzir seus quitutes. Pão de canela, pão de queijo, frango ao molho pardo, pernil assado, feijoada, caldos e doces caseiros são imprescindíveis nos cardápios das modestas hospedarias. Uma marca das delícias locais!

O arraial

A três quilômetros do parque fica o Arraial de Conceição de Ibitipoca, lugar que, em geral, os turistas preferem se hospedar. Tudo isso, porque a infra-estrutura no local é melhor se comparada a do parque, que só possui um camping disponível para visitantes. A maioria das hospedarias, chalés e pousadas estão concentradas no arraial e oferecem desde estadias luxuosas, até áreas para acampamento. Tudo depende do nível de conforto que se espera e de quanto se quer pagar.

No local, se concentram os bares e restaurantes da região, típicos representantes da culinária mineira. A simplicidade e a hospitalidade são os ingredientes principais quando se visita as casas na serra. Não há formalidades, nem etiqueta, quando o assunto é desfrutar a essência da natureza. Por esse motivo, é comum encontrar pequenos bares que promovem festas ao som de forró e música sertaneja.

A pinguinha da roça é outro ingrediente que não pode faltar na noite de Ibitipoca. Esbanjando criatividade, alguns bares penduram garrafas de barro sobre as mesas, prevalecendo o estilo pinga self service.

Os locais gerenciados por jovens costumam promover luais e festas com muito blues. Devido a esta tradição, foi criado o IbitiBlues, festival que reúne todos os anos diversos músicos durante o mês de agosto.

O parque e seus pontos turísticos

O parque é o ponto-chave na região a ser explorado. Saindo do arraial, para se chegar a portaria é necessário pegar um carro, caso você queira economizar energia para fazer uma trilha e conhecer os encantos do parque.

Na chegada, é possível localizar um posto de informação e pegar mapas ou contratar um guia para o passeio. Todas as trilhas são bem sinalizadas, fato que não torna a presença de um guia estritamente necessária. Em meio aos 1488 hectares de terra, há diversas atrações, como grutas, cachoeiras e muito verde. Se prepare para subir e descer enormes ladeiras e deslumbrar-se com uma enorme cadeia de montanhas.

Em geral, para um dia de passeio, com muita disposição, os turistas optam por conhecer o Pico do Peão ou a Janela do Céu. Dois lugares paradisíacos. O caminho para o Pico do Peão é íngreme e leva a um dos pontos mais altos do parque. A caminhada dura cerca de duas horas, em um ritmo bem tranqüilo. É importante levar água e alguns alimentos para fazer uma pausa e recarregar as energias para a volta.

Já a Janela do Céu exige mais disposição dos aventureiros, mas a recompensa é ainda maior. Lá, encontramos uma queda d'água de frente para o céu, como o nome já diz. A água é cristalina e uma pedreira envolve o local com passagem para uma outra cachoeira da região.

Informações úteis

O Paqrue Estadual de Ibitipoca é administrado pelo Instituto Estadual de Florestas.

  • Preço da Entrada - dias úteis(segunda a sexta-feira): R$ 5,00*
  • Preço da Entrada - sábados, domingos e feriados: R$ 10,00*/
  • Preço da Entrada - feriados especiais(Ano Novo, Carnaval, Semana Santa e Corpus Christi): R$ 15,00*
  • Camping (diária e por pessoa): R$ 20,00*
  • Principais distâncias: 80Km (Juiz de Fora), 260Km(RJ), 340Km(BH), 470Km(SP)
  • Horário de Funcionamento: 7h às 18h
  • Telefone: (32) 3281-1101
*Os preços e informações foram levantados em 26 de dezembro de 2006 e estão sujeitos a alterações.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.

Arquivo

Ver mais...