• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde


    Artigo
    Leitura: construindo o saber e o prazer

    :::17/08/2007

    foto de uma pessoa lendo Em primeiro lugar, sugiro a reflexão: para quê aprendemos a ler? Muitas crianças e leitores mais experientes demonstram em suas respostas o vínculo da leitura literalmente pertinente a tarefas escolares. Entendo que cabe a educadores e aos pais, desde a mais tenra idade, demonstrar que a leitura acima de tudo é uma forma de comunicação.

    Ler não é só reconhecer palavras e escrever não é apenas um ato motor. Tais tarefas exigem da criança processos mais complexos que envolvem símbolos, que são as letras, e conceitos, palavras, vocabulário, que variam de indivíduo para indivíduo. A leitura apresenta funções essenciais que se baseiam em transformação, compreensão e interpretação. Inicialmente, ocorre a transformação de letras em som, isto é, o leitor irá converter a linguagem escrita em linguagem falada, oral.

    Tal fato deve vir seguido do real significado e sentido do que leu, apropriando-se assim da mensagem proposta e finalmente poder exercer sua opinião, sua análise e seu julgamento sobre o mesmo, que é a proposta final do processo. Portanto, alfabetizar é permitir ao indivíduo uma nova forma, um novo meio de comunicar-se.

    Inúmeros processos e métodos foram desenvolvidos para aprendizagem da leitura/escrita. Os métodos e processos de alfabetização podem ser: sintético e analítico. São "caminhos" que o alfabetizador elege para oferecer a leitura ao seu aluno.

    O método sintético parte do elemento para o todo, isto é, da letra para a sílaba e da sílaba para a palavra. Prioriza a relação da letra e o som e assim vão se formando combinações diferentes de sons, formando novas palavras. Quanto maior o número de sons que passam a ser conhecidos, maior o número de palavras reconhecidas.

    No método analítico o educador apresenta uma série de palavras do vocabulário da criança, sendo inicialmente visualizadas e a seguir as coloca em um contexto. Ocorre também um reconhecimento de elementos (sílabas e letras) comuns nas palavras conhecidas através da discriminação visual e auditiva. A seguir, o leitor passa a isolar sílabas e depois letras para formação de outras palavras.

    Concluindo, ler é reagir e interpretar um pensamento. O indivíduo que só junta as letras não sabe ler. É importante ressaltar, que tarefas repetitivas e treinamentos como cópias, cartilhas, cobrir palavras, não determinam construções. O indivíduo também pode ser um excelente "copiador" e sequer saber o que escreveu.

    A leitura deve ter compreensão e significado. O método, que busca um caminho, uma rota que se preocupa mais com o reconhecimento dos símbolos em palavra é o sintético. O método que se preocupa mais com a compreensão é o analítico. Diferentes métodos promovem a aprendizagem da leitura por caminhos diferentes; enquanto os sintéticos valorizam essencialmente o reconhecimento das palavras, os analíticos dão mais ênfase à compreensão do conteúdo. Cada qual pode ter suas vantagens e desvantagens e dependendo da individualidade de cada sujeito, um pode ser mais adequado que o outro, variando de caso para caso.

    Ressalto que a escolha do material, assunto e apresentação é essencial fator motivador para iniciar um bom relacionamento com a aprendizagem da leitura/ escrita bem como o modelo de família de bons leitores oferece melhor contexto geral. Livros e assuntos de interesse para a faixa etária são fundamentais fatores, que aproximam e despertam interesse para que possamos ajudar a construir uma geração de indivíduos "pensantes" .

    Colaboração da fonoaudióloga Mariângela Stampa, doutoranda em Fonoaudiologia


    Cal Coimbra
    é psicóloga e doutora em Fonoaudiologia
    Saiba mais clicando aqui.

    Sobre quais temas (da área de Fonoaudiologia) você quer ler nesta seção? A fonoaudióloga Cal Coimbra aguarda suas sugestões no e-mail viver_fonoaudiologia@acessa.com

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.