Como diminuir a ansiedade do cachorro?

Lucas Bonoto Lucas Bonoto 18/02/2019

Dando sequência à coluna anterior, dessa vez vou falar sobre como drenar a energia do cachorro e diminuir a ansiedade.

Vimos como a ansiedade atinge os cães, por isso a importância de mantê-la controlada.

Muitas vezes, somente um passeio de 15 minutos (onde o cão lhe controla), jogar bolinha dez minutos, não será suficiente para equilibrar seu cão.

Um forte aliado no gasto de energia (física e mental) é o enriquecimento ambiental (vale a pena o dono ler sobre E.A.). São brinquedos interativos em que o cão preenche parte do tempo vago com gasto de energia, tanto física quanto, principalmente, mental.

Certa vez, uma cliente me perguntou porque eu havia dito que sua cadela estava ansiosa se ela lhe oferecia tudo do bom e do melhor. A melhor comida, a melhor ração, a melhor colheiro...

Resumindo. Não tem nada que supra as necessidades instintivas da cadela nesses exemplos que a mulher citou. Servindo de critério de comparação, um cão de um morador de rua tem muito mais realização instintiva do que essa cadela (mesmo que tudo dela seja do bom e do melhor). Entendem a comparação? Consequentemente, um cão de rua é muito mais equilibrado do que a maioria dos cães que vemos andando com os tutores, por ter essas necessidades instintivas sanadas.

Fazer um passeio estruturado e com regras (matilha tem regras) para que o cachorro aprenda a respeitar o seu ritmo, é o primeiro passo para controlar a ansiedade (esse passeio deve ter no mínimo 40 minutos, dependendo das condições do cão).

O segundo passo é impor limites e restrições dentro de casa. Ajuda a ter mais confiança de seu peludo e aproxima mais da hierarquia de uma matilha.

O terceiro passo é investir em enriquecimento ambiental, para que seu cão não tenha muito tempo livre e aprontar nas crises de ansiedade. E outro passo importante é a socialização do seu amigo com outros cães, para que gastem energia entre si e mantenham os instintos controlados. Assim você terá seu cão mais equilibrado e com energia drenada.

Se mesmo assim você estiver enfrentando dificuldades com a ansiedade de seu cão, procure auxílio de um profissional.

Quer saber mais sobre o comportamento animal? Continue ligado aqui na ACESSA.com.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.