Testes de visão gratuitos

Por

Segunda-feira, 09 de julho de 2007, atualizada ?s 17h41

Testes de vis?o gratuitos s?o reativados em JF no dia da Sa?de Ocular


Fernanda Leonel
Rep?rter
Na pr?xima ter?a-feira, dia 10 de julho, o servi?o de Oftalmologia do Hospital Universit?rio da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) divulga a reativa??o de um projeto de extens?o, para comemorar o dia da sa?de ocular.

Crian?as de escolas da rede p?blica de ensino da cidade v?o ser beneficiadas com testes de vis?o gratuitos, com o objetivo de prevenir e auxiliar no tratamento de qualquer dificuldade visual das crian?as entre tr?s e sete anos.

A escolha do p?blico alvo tem explica??o. De acordo com o servi?o de oftalmologia do HU, esta ? a fase em que ocorre o desenvolvimento visual, sendo, por isto, mais f?cil tratar de qualquer refra??o ou patologia diagnosticada.

O projeto de extens?o, que leva o nome de "Tomada da Acuidade Visual e Pr?-escolar da Rede Municipal de Juiz de Fora", al?m do diagn?stico de miopias, cataratas e estrabismos, para citar alguns exemplos, vai ainda envolver pais e alunos atendidos em palestras educativas.

Abaixo-assinado contra aumento do IPTU recolhe mais 3,5 mil assinaturas em nove horas de protesto

Abaixo-assinado contra aumento do IPTU recolhe mais 3,5 mil assinaturas em nove horas de protesto

Por

Abaixo-assinado contra aumento do IPTU recolhe mais 3,5 mil assinaturas em nove horas de protestoDocumento será entregue, juntamente com uma carta, aos vereadores de Juiz de Fora, a fim de propor votação contrária à mensagem do Executivo

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
7/12/2010

O abaixo-assinado, organizado por sindicatos e entidades de caráter trabalhista, que vêm recolhendo assinaturas contra o reajuste no valor do IPTU já contabiliza 3,5 mil nomes, conseguidos durante nove horas de protesto. "Começamos no último sábado [dia 4 de dezembro] e, até a tarde desta terça [dia 7], temos percebido apoio intenso por parte da população", destaca o diretor da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Oleg Abramov.

Segundo ele, as pessoas que participam do ato relatam os prejuízos que tiveram e poderão ter em função do reajuste de 10%, proposto pelo Executivo. "Idosos e servidores públicos contam que já perderam a isenção, depois de anos de benefício, o que foi causado pelo aumento do ano passado. O reajuste é maior do que o aumento salarial do funcionalismo público durante dois anos."

De acordo com Abramov, a intenção é colher assinaturas até a próxima quinta-feira, dia 9. "Estamos especulando e a indicação é que a mensagem do Executivo seja colocada em votação na Câmara [Municipal de Juiz de Fora] na próxima sexta-feira [dia 10]." O abaixo-assinado deverá ser entregue aos vereadores, juntamente com uma carta sugerindo a votação contrária ao reajuste.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken