Emater vai estimular produção de orgânicos

Repórter: Emilene Campos
30/06/2000

Além de ganhar cada vez mais espaço na mídia nacional, a agricultura orgânica vem despertando interesse de pesquisadores e produtores rurais da região. Para atender a demanda e incentivar a modalidade de cultivo que dispensa o uso de defensivos químicos, a Emater-MG, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais, vai realizar um treinamento interno nos dias 12 e 13 de julho. As atividades práticas e teóricas vão capacitar 16 funcionários da empresa, entre engenheiros agrônomos e técnicos agrícolas.

O curso será ministrado pelo Coordenador Técnico da Emater de Viçosa, Leonardo Fernandes Moreira, que é especialista nesta área. Além de sua experiência, Moreira vai lançar mão de exemplos locais, como o sítio (foto acima) do engenheiro agrônomo Bernardo Hill. Pioneiro em Juiz de Fora, Hill é produtor de orgânico há sete anos e, entre 1998 e 1999, suas vendas aumentaram em 300%.

Terminada a capacitação, os técnicos estarão habilitados a orientar os produtores rurais de Juiz de Fora e região. Para isso, basta que os interessados em desenvolver a nova técnica entrem em contato pelo telefone 224-5389 , no horário de 7h30 às 11h30 e de 13h30. A sede da Emater em Juiz de Fora funciona nas instalações do Instituto de Laticínios Cândido Tostes, R. Tenente Luiz de Freitas, 116. A orientação é gratuita para os pequenos produtores e, inicialmente, será feita de forma individual.

Com esta iniciativa, “a Emater pretende oferecer novas alternativas ao produtor, para que ele possa produzir alimentos de melhor qualidade e causar menos interferência no meio ambiente”, explica o agrônomo da Emater, José Renato Santana. Além de Juiz de Fora, mais cinco regionais da Zona da Mata vão receber o treinamento.

Para saber mais sobre alimentos orgânicos, leia:



Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.