Médicos e odontólogos fazem manifestação Profissionais param pelo décimo quinto dia em dois meses. Suspensão das atividades irá durar 72 horas

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
23/6/2009

faixas paralisação

Os médicos e odontólogos do município novamente cruzam os braços por 72 horas a partir desta terça-feira, dia 23 de junho, para reivindicar uma nova proposta da Prefeitura de Juiz de Fora para a campanha salarial. Desta vez, a paralisação foi acompanhada por uma manifestação em frente ao Pam Marechal. Em seguida, os participantes foram para o Parque Halfeld incorporar o protesto dos trabalhadores da AMAC, liderado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Juiz de Fora (Sinserpu).

Segundo o presidente do Sindicato dos Médicos, Gilson Salomão, a categoria aguarda uma contraproposta por escrito do Executivo. "Reunimos na última segunda, 22 de junho, com o Vitor Valverde e avançamos em alguns pontos. Agora, vamos aguardar a proposta oficial para apresentar na assembleia desta quarta-feira, 24."

Com mais de dois meses de negociação e 15 dias de paralisação, Salomão avalia positivamente a campanha salarial. "O nosso movimento tem mais de 60 dias e continua com a mesma força. Não vamos ceder". Ainda de acordo com o presidente, o sindicato está tentando marcar uma reunião com o prefeito Custódio Mattos (PSDB).

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.