Cuidados ao soltar pipas Na hora da brincadeira, a segurança deve vir em primeiro lugar

26/06/2007

As férias escolares vêm chegando e, com elas, as brincadeiras ganham as ruas. Carrinhos de rolimã, bolas, patinetes, bicicletas, patins, pipas e tantas outras opções para a criançada. Com um universo vasto de atrações, fica difícil pensar em perigos na hora de brincar. No entanto, é preciso ter cuidado quando a turma resolve soltar pipas.

O primeiro vilão é o cerol, aquela mistura de cola e vidro, que os garotos passam na linha para disputar a pipa do outro. Embora pareça divertido, inúmeros casos de morte são registrados por cortes da linha. Segundo dados da Associação Brasileira de Motociclistas, são mais de 100 acidentes por ano, sendo que 25% deles são fatais.

Não só os motoqueiros podem sofrer com um corte do cerol. Os animais também correm riscos, principalmente, aqueles que voam mais alto, como os urubus, gaviões e corujas. As aves de médio porte, como pombas e passarinhos, quando sofrem uma lesão, raramente conseguem sobreviver. Conforme divulgou o IBAMA, apenas 10% deles são encaminhados para a instituição.

Além disso, o cerol é proibido no estado de Minas Gerais, de acordo com a lei 14.349. Para quem desrespeitar as regras, a pena varia em multa entre R$ 100 a R$ 1.500 e as crianças flagradas são encaminhadas ao Juizado da Infância e da juventude.

O segundo vilão é a nossa falta de atenção. No momento de empinar a pipa, só olhamos para o alto. Com isso, corremos o risco de atropelamento, queda de lajes ou buracos. O local mais indicado é um terreno plano, sem muitos obstáculos. Se você for soltar pipa na rua, tome cuidado com ciclistas e motoqueiros.

Se a brincadeira não pode parar, você é que não vai querer machucar alguém. Pensando nisso, reunimos algumas dicas dos bombeiros para você não deixar de se divertir nas férias. Confira:

Risco de choque
ilustração de um atropelamento

Quem é viciado em pipa, deve deixar a brincadeira de lado nos dias de chuva. Se estiver relampiando, você corre o risco de levar uma descarga elétrica. Além disso, é importante ficar atento a antenas, fios eletrênicos ou cabos elétricos. Prefira lugares abertos, como campos ou parques.

Risco de atropelamento
ilustração de um choque

Tome cuidado com ruas e lugares movimentados, principalmente quando andar para trás. Pode ter algum buraco na pista. A atenção deve ser redobrada com os motociclistas e ciclistas, já que a linha pode sere perigosa para eles. Ao correr atrás da pipa, cuidado com o trânsito. Você pode ser atropelado.

Risco de corte com o cerol
ilustração de um corte

Nunca coloque cerol na linha. Ele pode te cortar e causar acidentes pelas ruas. Os motoqueiros, em geral, são as maiores vítimas do cerol. É importante ter cuidado também na escolha da linha e do material da pipa. Jamais opte pela linha metálica (fio de cobre ou bobinas) e o papel laminado.

ilustração de uma queda
Risco de cair

Evite soltar pipas nas lajes, telhados ou lugares sem proteção. Também não são indicados locais esburacados, com água e penhascos. Tome muito cuidado na hora de escolher onde brincar!


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.