Sílabas, sons, palavras, composições originais e arranjos formam espetáculo Teco TrecoUm show em que crianças mergulham na sonoridade e na magia das luzes e os adultos relembram as canções da infância

Jorge Júnior
Repórter
3/6/2011
teco_treco

Um show em que as crianças mergulham na sonoridade e na magia das luzes e os adultos relembram as canções da infância. Esta é a proposta que o Teco Treco traz para Juiz de Fora, neste domingo, 5 de junho, no Teatro Solar, às 16h. A entrada é gratuita. O espetáculo abre a programação do Diversão em Cena ArcelorMittal. Serão mais de 20 apresentações de teatro e música, todo domingo, em Juiz de Fora.

Com composições originais e alguns arranjos de músicas de cancioneiro, como Ciranda Cirandinha, O Cravo Brigou com a Rosa e Peixe Vivo, o trio formado por Luiz Ribeiro, Tatiana Parra e Gisela leva até o público letras, sílabas, sons e palavras que se transformam em brincadeiras. "Essa mistura com as letras e palavras são elementos do espetáculo. Cantamos as músicas que tem a sonoridade caipira e regional de Minas Gerais", é o que diz o compositor Luiz Ribeiro.

Ribeiro conta que o show vira uma grande brincadeira com as músicas próprias e também as readaptadas. "São fáceis de cantar, os pais também participam e gostam demais, no final os adultos viram crianças."

De acordo com o compositor, o objetivo é levar música de qualidade para o público. "As músicas foram desenvolvidas numa abordagem simples e direta do universo da criança, seus medos, curiosidades e descobertas."

O show é inspirado no Livro CD Cantalelê Teco Treco, lançando em 2008 para a alfabetização infantil de crianças da rede pública. Segundo Ribeiro, o trabalho já foi utilizado em mais de 12 mil escolas de várias regiões do Brasil. "Tocamos em Fortaleza, Ribeirão Preto, Campinas, Ceará, Belo Horizonte e Espírito Santo."

De acordo com Ribeiro, quando o material foi lançado, a ideia era divulgar o CD por meio de shows, mas devido a alguns problemas com a gravadora, a distribuição do material não foi realizada. "Os discos ficaram presos, tivemos que esperar e só agora estamos voltando a fazer shows. Vamos começar nos eventos abertos. Agora, estamos fazendo uma produção independente e em dois meses os CDs vão chegar às lojas," comemora.

Iluminação

A produtora do Teco Treco, Érika Brenodiz, responsável pelo cenário e iluminação, explica que o Teco Treco não é teatro e nem música pedagógica. "Levamos música de verdade para as crianças. Na decoração do ambiente, não são necessários muitos elementos. Nosso foco é a música, isso é o diferencial no projeto." Globo de luz que projeta desenhos e ilustrações, iluminação colorida e imagens do próprio show compõem o ambiente. Érica conta que o intuito é criar um cenário funcional, para que a plateia não se perca durante o espetáculo e foque mais na música.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.