Terça-feira, dia 08 de janeiro de 2008, atualizada às 16h06

Mudança nas regras do crédito para aposentados do INSS. Governo limita o endividamento em até 20% da aposentadoria


Priscila Magalhães
Repórter

O Governo Federal alterou as regras do crédito com desconto em folha dos aposentados do INSS. Entre as mudanças, está a redução do limite de endividamento de 30% para 20%, ou seja, apenas 20% do salário de cada aposentado vai poder ser comprometido com o crédito, por mês.

Segundo a chefe da seção de manutenção de direitos do INSS de Juiz de Fora, Mírian de Moraes Ronsini, a explicação do governo para as mudanças foi a de estabelecer novas diretrizes para maior transparência. Porém, há especulações de que seja para conter o crédito.

Mírian disse que os empréstimos feitos a partir do dia 02 de janeiro vão ser recomandados. "Os bancos vão ter que recalcular os empréstimos comandados a partir do dia 02, pois eles devem se adequar às novas regras. Este trabalho já está sendo realizado e os aposentados já vão poder pedir empréstimos a partir desta quarta-feira, 09 de janeiro".

As mudanças também vão atingir um outro tipo de empréstimo consignado: o do cartão de crédito dos aposentados. Se antes a quantia reservada por eles para pagamento do cartão era de 20% do benefício, agora ela é de 10%.

Segundo Mírian, o limite máximo de parcelas para pagamento dos empréstimos passou de 36 para 60 meses e a taxa de juros máxima é de 2,64% ao mês.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.