Terça-feira, dia 20 de maio de 2008, atualizada às 16h

Lojistas apostam no Dia dos Namorados para aquecer as vendas. Expectativa do CDL/JF é de um crescimento de até 15% nas vendas



Daniele Gruppi
Repórter

O Dia dos Namorados, 12 de junho, se aproxima. Os lojistas esperam que a celebração da data possa aquecer as vendas. Segundo a Câmara de Dirigentes lojistas de Juiz de Fora (CDL/JF), a expectativa é de um crescimento de até 15% nas vendas.

O presidente da CDL/JF, Vandir Domingos da Silva, afirma que se trata de uma data importante para o comércio. "É a terceira melhor data, estando atrás apenas do Natal e do Dia das Mães. É uma época que coincide com a chegada do inverno e com as festas juninas, fatores que também motivam as compras".

Para o presidente, a média de preços dos presentes deve ficar em torno de R$ 70. A assessoria do Sindicomércio diz que está realizando uma ampla pesquisa sobre as vendas no dia 12 junho e que até o final do mês de maio divulgam os resultados.

A gerente de um loja no centro da cidade, Elisa Nunes Couro, afirma que o movimento começa a aumentar no início de junho, intensificando na semana do Dia dos Namorados. "Sempre fazemos pedidos especiais para a data. As blusas são os presentes mais procurados".

Domingos revela também que a CDL/JF e o Sindicomércio batalham para que as lojas do centro de Juiz de Fora possam funcionar até às 16h aos sábados. "Nas segundas podem abrir às 10h, mas isto vai depender dos lojistas".

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.