• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Quinta-feira, 20 de agosto de 2009, atualizada às 16h01

    Faculdades e escolas particulares serão vistoriadas. Promotoria Pública quer que todas as instituições tenham álcool gel

    Clecius Campos
    Repórter

    Pelo menos duas faculdades da cidade serão vistoriadas e poderão ser notificadas por não cumprirem as medidas de biossegurança recomendadas pelo Comitê Municipal de Enfrentamento à Influenza A (H1N1). De acordo com o presidente do comitê, Ivander Mattos Vieira, o Departamento de Vigilância Epidemiológica recebeu algumas denúncias, por isso deve visitar as instituições ainda essa semana.

    A denúncia foi reforçada pelo promotor de Justiça da Saúde em exercício, Julio Cesar da Silva, em reunião com o comitê, nesta quinta-feira, dia 20 de agosto. Silva recomendou, por meio de ofício, que todas as faculdades e escolas particulares de Juiz de Fora adquiram e disponibilizem imediatamente álcool gel, sabão líquido, toalhas de papel e copos descartáveis para utilização em cantinas e bebedouros.

    O documento pede ainda que janelas e portas das salas de aulas fiquem permanentemente abertas, favorecendo a ventilação. Alunas em período de gestação deverão ser afastadas das instituições por integrarem o grupo de risco. "Estamos falando de uma questão de saúde pública que precisa ser tratada com seriedade e responsabilidade. As medidas recomendadas precisam ser respeitadas", afirma Silva.

    Cancelamento de eventos ainda não foi julgado

    A Promotoria aguarda parecer sobre pedido de liminar impetrado na noite da última sexta-feira, dia 14 de agosto, solicitando a cassação dos alvarás de realização de todos os eventos da cidade, independente do número de participantes. A solicitação foi remetida à Vara de Fazenda Pública no município e não tem data para ser julgada.

    PJF nega terceiro óbito suspeito

    O terceiro óbito suspeito, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) na noite da última quarta-feira, 19 de agosto, não foi confirmado por Vieira. Segundo o presidente do comitê, houve um erro no preenchimento da documentação do paciente. "O homem de 36 anos nem sequer havia sido notificado com suspeita. Ele era obeso e foi submetido a uma cirurgia no joelho. Houve alguma complicação e ele acabou falecendo por embolia pulmonar."

    O caso foi notificado à SES, a fim de que o equívoco seja corrigido. A assessoria de comunicação da SES informa que ainda não recebeu notificação solicitando correção dos dados. Amostras de secreção respiratória do paciente foram coletadas e seguiram para análise no Instituto Fiocruz.

    A mulher de 34 anos, com suspeita de Gripe A, que há uma semana sofreu morte cerebral, segue internada no Hospital João Penido. Seu estado de saúde continua grave e a evolução da doença é ruim. No entanto, as avaliações diárias apontam melhora no quadro pulmonar da paciente. "Não sabemos como o organismo dela continua reagindo. Talvez seja necessária uma reavaliação sobre o diagnóstico de morte encefálica."

    Juiz de Fora conta com 126 notificações da nova gripe. Trinta e quatro pessoas estão internadas, sendo sete em estado grave. Três casos da doença foram confirmados em Juiz de Fora.
    Obras no ambulatório terminam na terça-feira

    De acordo com Vieira, as obras do ambulatório referencial para tratamento dos casos de H1N1 devem ser finalizadas na próxima terça-feira, dia 25 de agosto. A expectativa é de que o funcionamento seja iniciado no final da próxima semana. "Serão disponibilizadas cinco equipes de profissionais especializados para acompanhar os casos. Cada equipe conta com um médico, um enfermeiro e dois técnicos em enfermagem.

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.