Quarta-feira, 9 de novembro de 2011, atualizada às 17h01

Mais da metade das ligações atendidas pelo Samu em 2010 são trotes

Clecius Campos
Repórter
Foto de atendente do Samu

Levantamento feito pela Secretaria de Saúde (SS) revela que 52% de todas as ligações que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) recebeu de janeiro a setembro de 2010 foram trotes. O número é baseado na média das ligações feitas para o serviço no período mencionado. E o percentual teve seu pico em julho, mês das férias escolares, quando os trotes representaram 75,15% das chamadas.

Ainda de acordo com o levantamento, o primeiro trimestre foi o que registrou os maiores índices: 57,76% em janeiro, 58,75% em fevereiro e 53,12% em março. Segundo o estudo, o horário de pico das falsas ligações é entre 14h e 18h. A razão é que 80% das pessoas que ligam nesse período são crianças de até 10 anos. De meia-noite em diante, são os adultos que fazem as chamadas, em sua maioria, tratando de pornografia.

A SS acredita que índice de falsas ligações é alto por falta de consciência e informação por parte da população. O órgão ressalta que ocupar a linha telefônica do Samu com falsas ligações prejudica o atendimento e pode atrapalhar salvamentos.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.