Segunda-feira, 25 de julho de 2016, atualizada às 16h17

Banco de Leite Humano de Juiz de Fora opera com 30% do estoque necessário

Da redação
foto

Operando com apenas 30% do estoque necessário, o Banco de Leite Humano da Associação Municipal de Apoio Comunitário (Amac) pede doações para restabelecer distribuição nos hospitais assistidos. Segundo a coordenadora da unidade, Bernadete Oliveira, neste período de inverno e férias escolares os números caem muito, mas a alta demanda continua.

Ela destaca que, atualmente, o estoque do banco conta com 18 litros, mas que para garantir a alimentação dos bebês recém-nascidos apenas com o leite materno seria necessários de 60 a 80 litros. “No mês passado já tivemos uma queda, com arrecadação de 28 litros em todo o mês. Tivemos um aumento na demanda e os bebês precisam de alimento de três a quatro vezes ao dia”, explica.  

O Banco de Leite atende a bebês internados em UTI's neonatais da cidade e de toda a região, o que totaliza cerca de 15 unidades. O leite recebido é analisado, tratado e pasteurizado, para depois ser destinado às crianças.

Para doar

As mães que estão amamentando e têm excesso de leite podem realizar a doação. Para se cadastrar como mãe doadora é só ligar para o Disque Amamentação (32) 3690-7436, com o cartão de gestante. A mãe precisa estar com todas as vacinas exigidas durante o pré-natal em dia. A doadora deve estar saudável e sem tomar nenhum tipo de medicamento. Os frascos esterilizados são entregues para a coleta e a Amac busca o leite na casa da doadora. Outras orientações sobre podem ser feitas pelo telefone.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.