Sábado, 9 de janeiro de 2016, atualizada às 10h30

Nordeste é o destino mais procurado em agências de viagens para o Carnaval

Lucas Soares
Repórter 

Faltando menos de um mês para o Carnaval, quem pretende viajar já escolheu o destino, ou está prestes a tomar uma decisão. E, segundo as agências de viagem de Juiz de Fora, mesmo com o país atravessando uma crise financeira, o destino mais procurado pelos viajantes é as praias nordestinas.

A proprietária da Fama Viagens, Fabiana Mendes, conta que, além das praias do Nordeste, o juizforano também vem buscando países da América do Sul e as praias uruguaias. "A demanda no mercado interno está muito alta, muito mais de estrangeiros, do que de brasileiros. Ainda restam algumas vagas, porém, a procura é grande. Nos países da nossa região, apesar do dólar está alto, a nossa moeda ainda é valorizada e as coisas não são tão caras. Com o aumento do dólar, as companhias diminuíram o valor das tarifas em dólar, então fica a mesma coisa antes do aumento", explica.

O sócio-diretor da Felicità Viagens, Rafael Siqueira, conta que os valores para quem deseja fazer uma viagem para o Nordeste no Carnaval, de última hora, gira em torno de R$ 2.000 por pessoa. "Quem se programou, continua viajando. A procura por viagens nacionais aumentou em relação ao ano passado. É uma tradição do brasileiro. No Carnaval, de uma maneira geral, os hotéis trabalham com um mínimo de diária, então, esse valor incluí passagem, translado, sete dias de hospedagem com café da manhã, além de dois passeios pela cidade", explica.

Segundo Siqueira, outros destinos também aparecem entre os procurados pelos brasileiros, como Florianópolis e Gramado. "Florianópolis (SC) é muito procurado. Quem evita a festa, procura muito Gramado (RS) e Bonito (MS). Esses destinos são até mais caros. Florianópolis é mais caro para quem for se hospedar na praia. E Bonito, em função dos passeios, não é tão barato. Podemos falar que os valores para lá são a partir de R$ 2.500", revela.

Procura deve crescer

A agente de viagens da DC Tur, Gioconda Macedo, acredita que a procura deverá crescer nos próximos dias. "A procura está pouca por enquanto. Viajar para o exterior, acredito, que está fora de questão para a maioria das pessoas. Por outro lado, no Réveillon, a procura foi muito grande por pacotes na última semana de dezembro. Estamos com prazo para vender para o Carnaval", conclui.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.