Juizforanos ainda desconhecem opções de ecoturismo Uma opção é o passeio pela Cachoeira do Arco-Íris, que inclui caminhadas e a prática de rapel. Os turistas podem desfrutar de lindas paisagens

Daniele Gruppi
Repórter
02/07/2008

 

Para quem gosta de natureza e aventura, a dica é ir à Cachoeira do Arco-Íris. Segundo o dono de uma agência de ecoturismo Rodrigo Miranda, trata-se da melhor forma de relaxar e repor as energia para retomar à rotina de trabalho e estudo. "Nosso público-alvo tem sido os cariocas. Os juizforanos ainda não conhecem as opções de ecoturismo próximo à cidade".

A Cachoeira do Arco-Íris fica próxima de Lima Duarte, isto é, cerca de 52 quilômetros de Juiz de Fora. "Do município até o início da trilha percorridos de carro, são mais de 20 minutos. Depois é hora de fazer uma boa caminhada", explica.

A duração da caminhada varia de acordo com o grupo. Rodrigo afirma que gasta-se, em média, uma hora. Ele conta que a mata não é muito fechada. "É uma vegetação rasteira. Passamos também por bancões de areia. Têm subidas, mas nada muito íngreme".

Se para chegar à cachoeira é preciso disposição, para encará-la é preciso coragem. Além de um bom banho, o passeio inclui a prática do rapel. Na verdade, são duas cachoeiras de 35 metros, que formam o complexo denominado Arco-Íris.

Foto de uma trilha Foto de uma paisagem Foto de uma paisagem na Serra do Cipó

Rodrigo garante que o esporte é seguro e que qualquer pessoa, independente da idade, pode se aventurar. "É muita adrenalina. Na segunda queda, descemos por dentro da água, é o que se chama de canyoning". Ele diz ainda que o inverno é uma boa época para fazer o passeio, pois o nível do rio não está tão alto.

Ele aconselha a levar sanduíche natural, granola e usar um calçado bem confortável. Quem gosta de conhecer as iguarias dos lugares onde visita, vale, segundo Rodrigo, experimentar os queijos e a pinga da roça, que são as especialidades dos nativos.

Foto de uma trilha Foto de uma paisagem Foto de uma paisagem

Para Rodrigo, o roteiro de lazer ajuda na conscientização da preservação ambiental. Ele, entretanto, manifesta uma preocupação. "Da última vez que estivemos no local, encontramos com o dono da fazenda e ele nos informou que vai plantar eucalipto. Sabemos que a árvore acaba com o solo e com a nascente do rio. A cachoeira do Arco-íris corre o risco de acabar".

Ele conheceu o local há um ano e se encantou com sua beleza natural. Desde então leva turistas para visitar a cachoeira. "Organizamos grupos de, no máximo, dez pessoas e pedimos um agendamento de uma semana para fazermos a preparação dos equipamentos".

Foto da cacheoira Foto da cachoeira Foto da cachoeira

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.