Transferindo a estética do grafite para as telas, o artista plástico e articulador cultural juiz-forano Stain apresenta sua mostra visual “Quarentela” na Galeria de Arte do Forum da Cultura. Stain usa o grafite, um dos elementos do movimento artístico e cultural do hip-hop, que surgiu na década de 1970 na periferia de Nova York, entre as comunidades afro-americanas, latino-americanas e caribenhas para se expressar.

Na mostra, ele substitui os muros pelas telas e utiliza, além do spray, pincéis, tintas a óleo e acrílicas. A maioria dos trabalhos expostos na exposição durante a quarentena, dando continuidade ao projeto a partir de então. Stain explica que foi uma forma que encontrou  de permanecer são durante o período mais grave da emergência em saúde. "Eu venho do grafite, onde as nossas telas são os muros da rua, e naquele momento que não podíamos sair essa foi uma válvula de escape para produzir também dentro de casa”, conta o artista. “Além disso, eu utilizo muitas referências negras em meu trabalho. É uma experiência pessoal que eu tenho levado para as minhas obras e quero trabalhar essa representatividade a todo momento”.

O grafite, que carrega uma carga de crítica por meio da arte, se manifesta como uma maneira de intervenção direta na cidade, democratizando espaços públicos urbanos. “Geralmente o meu trabalho não é convidado para estar em locais tradicionais como o Forum da Cultura, e eu fico feliz de quebrar essas paredes e estar em outros locais. É muito a questão da representatividade mesmo, mostrar que também podemos frequentar esses espaços, estar nesses espaços. Eu tenho certeza que um aluno meu de periferia vai se sentir à vontade ao entrar lá porque sabe que vai encontrar alguma coisa onde ele vai se reconhecer”, pontua Stain.

A mostra, que reúne pinturas e trabalhos audiovisuais, permanece em cartaz na Galeria de Arte do Forum da Cultura até o dia 25 de novembro, com visitação de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h. As visitações são gratuitas e abertas ao público em geral. A exposição contará também com repercussão nos perfis do Forum da Cultura no Instagram e no Facebook.


Divulgação UFJF - Stain expõe trabalhos feito durante a pandemia no Fórum da Cultura

COMENTÁRIOS: