A menopausa é uma fase natural na vida de todas as mulheres, geralmente ocorrendo entre os 45 e 55 anos. Embora seja uma parte normal da vida feminina, muitas mulheres enfrentam desafios relacionados à saúde e bem-estar durante este período.

Trata-se de uma fase em que a produção hormonal começa a decair, interrompendo a menstruação e impedindo a capacidade de concepção. É geralmente considerada a transição definitiva para a pós-menopausa e marca o fim da vida reprodutiva de uma mulher.

Está passando por isso e quer saber mais sobre o assunto? Então, leia até o final para entender um pouco mais sobre essa fase!

A procura por profissionais

O primeiro desafio da mulher na menopausa é a escassez de profissionais que entendam e tratem este período de forma humanizada. Infelizmente, faltam profissionais treinados em relação à menopausa e, que sabem como abordar e tratar os sintomas.

Algumas mulheres relatam que profissionais, muitas vezes, minimizaram seus sintomas, tratando-os como uma parte normal da idade e não oferecendo soluções eficazes para aliviá-los. Outras dizem que foram medicadas de forma excessiva, sem uma avaliação cuidadosa dos riscos e benefícios das terapias.

Infelizmente existe uma escassez de profissionais aptos a tratar demandas do envelhecimento. A falta de entendimento e tratamento humanizado da menopausa pode ter consequências graves para a saúde e o bem-estar das mulheres.

Além de não receberem o alívio dos sintomas, muitas mulheres também não recebem informações sobre como prevenir problemas de saúde a longo prazo relacionados à menopausa, como osteoporose, doenças cardiovasculares e câncer de mama.

É preciso estar atenta a essa questão e se preparar para buscar uma segunda opinião quando você julgar necessário. A menopausa é uma fase da vida da mulher que não precisa ser uma crise, um bom profissional ajudará você a passar por essa fase de forma humanizada.

Os sintomas da Menopausa

Durante a menopausa, ocorre uma diminuição da produção de estrogênio no corpo feminino, o que pode levar a sintomas como ondas de calor, suor noturno, irritabilidade, fadiga, secura vaginal e dificuldade para dormir.

Além disso, a menopausa também está associada a um aumento do risco de doenças crônicas, como osteoporose, doenças cardiovasculares e câncer de mama.

Logo, se você quer vivenciar uma velhice tranquila, com independência e autonomia, precisa de se cuidar na menopausa e prevenir diversos agravos de saúde que vão fazer total diferença na sua vida daqui a 20 anos.

Alívio dos sintomas

Existem maneiras de aliviar os sintomas da menopausa e prevenir problemas de saúde a longo prazo, mas ao contrário do que muitos pensam não existe fórmula mágica.

O tratamento dos sintomas da menopausa é um pacotão completo, não existe só fazer reposição hormonal ou só tomar algum suplemento. É importante encarar a menopausa como um chamado e uma oportunidade de repensar o estilo de vida e garantir mais qualidade de vida. Dentre os pontos que você deve prestar atenção, estão:

Alimentação

A alimentação da mulher na menopausa deve ser equilibrada e baseada no consumo de frutas, legumes e verduras, com boas fontes de gorduras. É importante dar uma passadinha no nutricionista para verificar deficiências nutricionais e avaliar a necessidade de suplementação.

Nessa fase, é muito fácil perder músculos e você pode ter certeza que eles farão falta mais tarde. Portanto, nada de dietas restritivas sem acompanhamento.

É importante também reduzir o consumo de ultraprocessados e açúcar. Naquelas mulheres com dificuldade de dormir é preciso fazer um manejo no consumo de bebidas estimulantes e ter mais atenção no ajuste de proteínas.

Alguns chás e fitoterápicos podem aliviar sintomas de algumas mulheres, mas isso deve ser feita uma avaliação individual. Não existe um chá ou fitoterápico que serve para todo mundo. É necessário avaliar sintomas e associar ao restante da alimentação.

Exercícios

A prática de exercícios pode ajudar muito na redução de ondas de calor, na manutenção do peso e no alivio de sintomas depressivos.

Aquelas mulheres que nunca praticaram exercícios, tem uma ótima chance de iniciar. Na menopausa temos uma tendência de reduzir a massa muscular e acumular mais gordura, sintomas que podem ser revertidos com um estilo de vida adequado.

Busque uma atividade que te traz prazer e que você consiga aderir. Converse com um profissional de educação física para que ele oriente você sobre atividades possíveis e sobre a manutenção e ganho de massa muscular.

Sono

Dormir bem na menopausa pode ser um desafio, ondas de calor e dificuldade de manter um sono reparador são reclamações comuns na prática clínica. É necessário garantir pelo menos 7 horas de uma noite bem dormida, inclusive, para alívio de outros sintomas.

Quem dorme mal tem mais sintomas depressivos e ansiosos, procura comida como recompensa mais vezes e tem mais dificuldade de lidar com o estresse do dia a dia. O manejo da alimentação e a prática de exercícios ajudam a modular o sono, como eu disse o cuidado da menopausa é um pacotão completo, não adianta fazer só uma coisa ou outra.

Apesar da alimentação e do exercício ajudarem, você pode incorporar na sua rotina técnicas de higiene do sono, como estabelecer horários para dormir e acordar, manter o ambiente do quarto escuro e confortável, praticar atividades relaxantes antes de se deitar como tomar um banho quente ou praticar meditação, não se expor a luz emitida por telas no período noturno, reduzir o consumo de bebidas estimulantes, dentre outros.

Como uma dica extra, você pode se expor a luz natural pela manhã por alguns minutos, isso ajuda a regular seu ciclo circadiano, te da mais disposição e reflete na qualidade do seu sono também.

Gerenciamento do estresse

Gerenciar o estresse é o fator do estilo de vida mais negligenciado pelas pessoas e na menopausa isso tende a se agravar. Caso os seus problemas estejam tirando o seu sono e consumindo toda a sua energia, você deve ligar um sinal de alerta. O estresse consegue desencadear uma cascata inflamatória no seu corpo e pré-dispor você a várias doenças.

Na menopausa a falta de habilidade de gerenciar problemas afeta e muito a saúde mental das mulheres e eu não preciso falar que isso afeta o seu sono, a forma que você se alimenta e a sua disposição para praticar exercícios. É importante dizer que gerenciar o estresse não tem a ver com excluir problemas da sua vida, o que seria impossível, mas sim com a forma que você lida com eles, não os deixando causar danos a sua saúde.

Por isso, é importante ter pontos de alívio de estresse na rotina como atividades associadas ao lazer. Exercícios de respiração, relaxamento e meditação, tempo de qualidade com quem você ama, também podem ajudar.

Às vezes é difícil aprender a gerenciar sozinha, por isso sempre digo que o processo de psicoterapia pode ser primordial, uma vez que a menopausa é uma fase de transformação na vida da mulher. Então, cogite buscar ajuda de um psicólogo.

Terapia de reposição hormonal (TRH)

A TRH envolve o uso de hormônios sintéticos ou naturais para substituir os hormônios produzidos em menor quantidade durante a menopausa. A TRH pode ser administrada por via oral, transdérmica (adesivos ou anéis), intravaginal ou por injeção. A escolha da forma de administração depende do médico e do paciente, e pode considerar fatores como a idade, saúde geral, histórico médico e preferências pessoais.

Antes de iniciar a TRH, é importante conversar com o médico sobre os riscos e benefícios do tratamento, bem como sobre as opções de tratamento alternativas. O médico também pode realizar exames para avaliar o risco de doenças e verificar se há condições médicas que possam afetar a decisão sobre a TRH.

Logo, TRH não é para todo mundo e também não exclui a necessidade de você mudar o seu estilo de vida como um todo, já que somente ele te dará qualidade de vida ao longo do tempo e garantirá sua autonomia e independência na velhice.

Apoio emocional

Outro aspecto importante da menopausa é o apoio emocional. Muitas mulheres sentem-se sozinhas e sem apoio durante esta fase, mas é importante lembrar que você não está sozinha.

Converse com seu médico, família e amigos sobre suas preocupações e dificuldades, e procure grupos de apoio na sua comunidade. Busque por mulheres que estão na mesma fase que você. Também é importante contato com pessoas que possuem uma visão mais positiva do processo de envelhecimento para ajudar você nessa fase de transformação.

Em resumo, a menopausa é uma fase natural na vida das mulheres, mas pode trazer desafios relacionados à saúde e bem-estar. Alimentação saudável, exercício físico, medicamentos e apoio emocional são fundamentais para uma transição suave e saudável para a menopausa. Não tenha medo de pedir ajuda e apoio, pois esta é uma jornada compartilhada por todas as mulheres.

Agora que você já sabe todos os ponto importantes para aliviar sintomas da menopausa, me conta nos comentários o que você espera dessa fase tão importante na vida da mulher!

Tags:
#menopausa #nutricao # lecitinadesoja | #saúde #saúdedamulher #infarto #risco cardíaco #nutrição #medicina

Pixabay - A Jornada da Mulher: Conheça os desafios e as soluções da menopausa

COMENTÁRIOS: