SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O músico e compositor Erasmo Carlos, que morreu nesta terça-feira (22), aos 81 anos, será homenageado em diversos programas da televisão brasileira.

Na Globo, após a exibição do programa Central da Copa, especial da emissora para a Copa do Mundo Do Qatar, o Som Brasil fará uma edição especial em celebração ao artista, a partir da 0h30. O Conversa com Bial reexibirá uma entrevista de 2018 em que Erasmo falou sobre a carreira e o disco "Amor É Assim", recém-lançado à época, com início programado para às 2h25.

O canal Multishow, de assinatura paga e pertencente ao Grupo Globo, irá prestar homenagem a Erasmo com encerramento do episódio inédito do Música Boa Ao Vivo com a participação de Gloria Groove, Di Ferrero e as bandas Melim e Lagum, com início às 20h30.

Outro canal fechado do veículo, o canal Bis vai apresentar, a partir das 22h, o show "Erasmo Carlos Ao Vivo no Theatro Municipal - 50 Anos de Estrada".

A TV Cultura também possui gravações com o cantor, e vai transmitir o programa Imagem do Som, gravado em 2005. O concerto Jazz Sinfônica, gravado com Erasmo e Roberta Sá na Sala São Paulo em 2020, e o Ensaio, de 1996, também terão exibição.

O programa The Noite, de Danilo Gentilli no SBT, vai transmitir a participação do compositor em 2015, e começará 0h30.

Já o canal Telecine Touch vai retransmitir o filme "Minha fama de Mau", que conta a história de Erasmo Carlos desde o início da carreira até a transformação em astro nacional.