RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A terceira temporada do The Masked Singer Brasil (Globo) começou neste domingo (22) e o primeiro eliminado da competição foi uma surpresa e tanto: Paulo Betti. O ator estava fantasiado de Coelho e acabou sendo o escolhido pela bancada de jurados para deixar o programa comandado por Ivete Sangalo.

Betti, 70, fez um medley de três canções: Its Kind of Magic / Sway / Mamãe Passou Açúcar em Mim em sua apresentação e a voz grave confundiu os jurados que deram vários palpites. Taís Araujo apostou em Francisco Cuoco, enquanto Sabrina Sato indicou Ary Fontoura. Já Eduardo Sterblitch citou o humorista Hélio de la Peña e Mateus Solano acreditou que pudesse ser Rafael Vitti. Ninguém levantou a hipótese do ator, que estava no elenco da novela "Além da Ilusão".

"Me diverti, foi uma coisa diferente de fazer. Eu sou muito curioso. É muito engraçado andar por aí de máscara, chegar incógnito nos lugares. Foi muito interessante", disse Paulo Betti no palco, após ter sua identidade revelada.

O ator foi superado pelo Dinossauro na disputa final e ainda seguem mais 12 mascarados na disputa do reality: Abelha-Rainha, Broco Lee, Capivara, Circo, Coruja, DJ Vitória-Régia, Filtro de Barro, Galo, Milho de Milhões, Vovó Tartaruga, a dupla Romeu e Julieta e o trio Os Suculentos.

No ano passado, David Junior foi o vencedor. Vestido de Dragão, ele cantou "Amazing Grace". Além do troféu e o prêmio de R$ 150 mil reais, o vencedor também ganhou R$ 100 mil reais em criptomoedas. A final foi disputada também por Thiago Fragoso como Camaleão e Lucy Alves na fantasia de Leoa.